Menu
Busca domingo, 23 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Falta de saneamento e alcoolismo estão matando nas aldeias

08 março 2005 - 07h07

Em entrevista ao Dourados News, o médico Franklin Amorim Sayão, responsável pelo hospital da Missão Caiuás de Dourados, disse que dois fatores contribuem para o aumento da mortalidade nas reservas indígenas do Estado. O primeiro seria a incidência de alcoolismo e o segundo a  falta de saneamento básico, principalmente água tratada.  Segundo o doutor Franklin, o consumo de álcool entre as comunidades indígenas é muito grande em o todo o País, mas deve ser tratado com muito critério principalmente nas dependências mais graves. Os adultos quando estão bebendo não comem e não alimentam as crianças que acabam sofrendo as conseqüências. Ele disse ainda que a distribuição das cestas básicas sem critério faz com que o chefe de família venda os produtos abaixo do preço de mercado para comprar cachaça. “Um pacote de arroz é vendido a R$ 2,00, para depois ser recomprado com valor que vai de cinco a sete reais” afirmou o médico.Quanto a questão de saneamento básico, o  médico afirma que os índios hoje vivem em confinamento, uma aldeia com 10 mil habitantes deveria ter uma atenção especial das autoridades competentes. Se houvesse água corrente a mortalidade infantil cairia em até 60%, segundo ele. “Quando havia muita terra para os índios, eles mudavam constantemente de local, hoje eles fazem suas necessidades no mato e quando chove os dejetos são jogados nos poços e minas, sendo ingerido pela comunidade. Há um projeto da FUNASA (Fundação Nacional de Saúde) de levar água, é muito importante mas não alcança todas as famílias”, afirmou doutor Franklin.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Governo facilitará exportações de produtos voltados à Defesa
BRASIL
Síndrome metabólica em adolescentes é tema de pesquisa da Capes
DOURADOS
Campanha sobre tuberculose e hanseníase será realizada em março
POLÍCIA
DOF flagra cinco com 400 quilos de contrabando em Dourados
BRASIL
Trabalho infantil aumenta 38% durante o carnaval; saiba como denunciar
STF
Liminar garante ao RS fixar contribuição previdenciária de militares sem sanções por parte da União
DOURADOS
Com ponto facultativo, sessão da Câmara foi antecipada
MS
Um dos pilares da ressocialização, a religião promove ambiente de fé em presídios
ESTADO
Judiciário de MS retomará expediente na quinta-feira
MUNDO
Cientistas descartam que novo vírus tenha origem em mercado em Wuhan

Mais Lidas

WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
JARDIM GUAICURUS
Jovem resgatada foge da UPA e tenta subir em torre mais uma vez
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação