Menu
Busca domingo, 16 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Expediente na Justiça Federal volta à normalidade na segunda

10 fevereiro 2005 - 15h46

Estão interrompidos até amanhã, 11 de fevereiro, os prazos processuais e o expediente externo das Subseções Judiciárias das Seções Judiciárias da Justiça Federal em Mato Grosso do Sul e São Paulo. A decisão foi tomada pela desembargadora federal Anna Maria Pimentel, presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, a pedido das Seccionais da OAB nos dois Estados, tendo em vista as diversas reclamações relacionadas ao sistema de informações dos an-damentos dos atos processuais do Tribunal. Apenas as audiências já designadas foram mantidas.Os problemas no sistema de informática do TRF vinham sendo detectados há algum tempo por advogados e juizes, que não con-seguiam acesso ao sistema de acompanhamento dos atos processu-ais por meio do site do Tribunal. Por conta disso, no dia 26 de janeiro o presidente da OAB/MS, Geraldo Escobar Pinheiro, encaminhou ex-pediente à desembargadora solicitando providências.No ofício, Geraldo Escobar também solicitou o empenho da magistrada no sentido de restituir os prazos processuais para todos os feitos prejudicados. Pedido semelhante foi encaminhado pela Seccional da OAB em São Paulo. Em caráter extraordinário, Anna Pimentel, após ouvida a Comissão Temporária dos Projetos do Sistema Único de Acompanhamento Processual da 3ª Região e o diretor do foro da Justiça Federal em São Paulo, decidiu acatar as solicitações.A suspensão teve início no dia 9 de fevereiro, estendendo-se até a sexta-feira, dia 11. “Foram muitas as reclamações que recebemos de advogados, magistrados e até de serventuários da Justiça Federal, que se valem do sistema de informática do TRF para cumprir com as suas atribuições”, informou Geraldo Escobar.A presidente do TRF acatou também pedido da Ordem no sentido de restituir os prazos processuais para todos os feitos prejudi-cados, suspendendo o expediente externo e mantendo apenas as au-diências já designadas.O sistema do TRF, denominado S2R, foi implantando em dezembro e janeiro, durante o recesso judiciário, tendo sido disponibilizado para o público  no dia 10 de janeiro. Devido a grande demanda verificada logo após o recesso o sistema tornou-se lento, o que ocasi-onou a interferência da OAB e a decisão da desembargadora. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Maconha que seria levada para o Ceará é apreendida em MS
CONTRABANDO
PRF apreende de 2 toneladas de agrotóxicos escondidos em carga de leite
SAÚDE
Cai para três número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil
CORUMBÁ
Escolas de samba realizam pré-desfile neste domingo
CAMPEÃO
Trio decide, Flamengo domina o Athletico-PR e conquista a Supercopa
DROGAS
Duas mulheres são presas por tráfico em ônibus que passava por Dourados
INTERNACIONAL
Número de casos de coronavírus em navio no Japão chega a 355
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
FUTEBOL
Governo lança projeto para promover direitos humanos no esporte
PONTA PORÃ
Leitura entre detentos é estimulada com a doação de livros a presídio

Mais Lidas

VILA SÃO BRÁS
Venezuelanos são flagrados consumindo maconha em bairro de Dourados
HARRISON DE FIGUEIREDO
Adolescente é detido e jovem é presa por tráfico, receptação e posse
DOURADOS
Dupla é presa por porte e posse ilegal de arma de fogo
FURTOS
Ladrões fazem “arrastão” e levam motos em Dourados