Menu
Busca domingo, 25 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018

Executiva do PDT decide romper com o governo Lula

13 dezembro 2003 - 10h34

A Executiva Nacional do PDT decidiu ontem romper com o governo Lula, decisão tomada em reunião no Rio. Os filiados que ocupam cargos no governo federal devem pedir exoneração, segundo a decisão do partido.O pedetista com cargo mais alto no governo é o ministro das Comunicações, Miro Teixeira. Segundo o presidente do partido, Leonel Brizola, os que ficarem no governo sofrerão as punições previstas no estatuto do PDT, que vão de suspensão à expulsão."Há uma exigência do partido para que esses companheiros que estão no governo se afastem logo do governo Lula-PT", disse Brizola. "Eu não acredito que esses companheiros permaneçam."A reunião de quase quatro horas teve a participação de 213 membros da Executiva Nacional. Três votaram contra o rompimento, definido pelos dirigentes como "independência" do PDT em relação ao governo. Ao ser questionado sobre a diferença entre independência e ruptura, Brizola disse: "Precisamos ser duros sem perder a ternura".Segundo Brizola, o partido não dará "apoio incondicional" nem fará "oposição sistemática".Sobre se o PDT ficaria isolado com a ruptura, conforme afirmou o diretor regional de Goiás, Euler Ivo, Brizola respondeu: "Antes só do que mal acompanhado".Ontem também ficou decidido que o partido terá candidatos a prefeito em todas as capitais do país, nas eleições de 2004. Além de Miro Teixeira, o PDT ocupa as presidências dos Correios (Aírton Dipp) e da Itaipu Binacional (Nelton Friedrich) e uma direção na Petroquisa (Vivaldo Barbosa).Um dos momentos mais tensos da reunião foi quando Barbosa defendeu que os pedetistas não precisassem pedir exoneração. Ele defendeu a permanência de Miro Teixeira, porque "não há o que reclamar dele".Brizola rebateu: "Dói nos meus ouvidos ouvir uma coisa dessas", reclamando da ausência do ministro na reunião. Barbosa provocou a discussão minutos antes da votação. Ele, que defendeu sua permanência na Petroquisa, foi obrigado a se calar a pedido de Brizola e de Carlos Lupi, vice-presidente do partido.Miro Teixeira não respondeu se ficará ou não no ministério após a decisão do PDT. Apesar de ter sido questionado objetivamente, por meio de sua assessoria de imprensa, o ministro optou por divulgar uma nota enigmática:"Reafirmo meu apoio ao presidente Lula. Faço-o como cidadão e parlamentar. O exercício do ministério é eventual e pode ser interrompido a qualquer momento e por qualquer razão. Permanente é a convicção de que o Brasil precisa mudar e a certeza de que Lula significa mudança".Após a divulgação da nota, a assessoria do ministro foi novamente questionada sobre seu significado e, em resposta, afirmou que a nota era de interpretação livre dos jornalistas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Igrejas cristãs fecham Santo Sepulcro em protesto contra impostos
O Santo Sepulcro de Jerusalém, o local onde, segundo a tradição, Jesus Cristo foi sepultado, fechou neste domingo (25) por tempo indeterminado por ordem das principais igrejas cristãs
POLÍCIA
PMA prende pescador profissional foragido da justiça por homicídio
PMA prende pescador profissional foragido da justiça por homicídio e com passagem por pesca predatória, lesão corporal e violência doméstica
MS
Com oferta de veículos e equipamentos agrícolas, Governo realizará 1° leilão do ano
NOVA ALVORADA DO SUL
Motorista alcolizado perde controle e colide carro em muro de delegacia
Jovem de 24 anos colidiu o carro que conduzia contra o muro da Delegacia de Polícia Civil, de Nova Alvorada do Sul, distante 120 quilômetros de Campo Grande, por volta das 18h de ontem (24), na Rua Dorivaldo Monteiro Nogueira, no Centro.
CAPITAL
Pichadores detidos pela GM são autuados pela PMA
FAMOSOS
Decotada, Kim Kardashian quase mostra demais
PRAZO
Programa Vencendo o Medo de Dirigir está com inscrições abertas
O Departamento Estadual de Trânsito (Detran- MS), em parceria com a Clínica Escola de Psicologia da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) oferece o programa Vencendo o Medo de Dirigir, para auxiliar homens e mulheres que possuem medo, nervosismo e insegurança para dirigir.
EDUCAÇÃO
Inscrição para financiamento estudantil em universidade paga termina quarta
REGIÃO
PMA autua pecuarista em R$ 132 mil por desmatamento ilegal
TRÁFICO
Jovem é flagrada com maconha em ônibus

Mais Lidas

WILLIAM DENTE PODRE
Ladrão baleado após atirar contra a polícia morre em hospital
NOVO HORIZONTE
Foragido da Justiça é preso após trocar tiros com policiais em Dourados
DOURADOS
Idoso morre ao ser atropelado na Monte Alegre
FÁTIMA DO SUL
População faz protesto e pedem Justiça no caso Débora