Menu
Busca sexta, 17 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

EU QUERO AS ALGEMAS

10 agosto 2006 - 15h05

Paulo FigueiredoFoi com esta frase que, no ano de 2001, o Dr. Alaércio Abrahão (in memorian), então Secretário Municipal de Administração, encerrou a reunião onde foi constituída uma Comissão de Sindicância para apurar possíveis irregularidades nas administrações municipais da cidade de Dourados (MS), inconformado que estava com as denúncias (porém, até então, sem provas) de desvios de dinheiro público.Os servidores designados nesta comissão, desdobrando-se entre as suas funções de ofício e a nova missão, partiram para a busca de provas.Haviam indícios de superfaturamentos, serviços pagos e não realizados, obras inacabadas, duplicidade de pagamentos (pagamentos duas vezes de um mesmo serviço ou obra), entre outros.À medida que a comissão constatava uma suposta irregularidade e discutia em grupo os caminhos para dar prosseguimento ao trabalho, a frase de fechamento das reuniões, proferida pelo Dr. Alaércio, era sempre a mesma:“- EU QUERO AS ALGEMAS.”Assim, ao longo de aproximadamente 01 (hum) ano, a comissão conseguiu reunir documentação substancial que comprovariam, de maneira irrefutável, a utilização do caixa da prefeitura para pagamentos, digamos, nebulosos.Terminava, assim, a missão da Comissão de Sindicância com a entrega ao Ministério Público Estadual de farta documentação: cópias de notas fiscais frias, cópias de cheques para pagamentos de serviços em duplicidade, fotografias de obras pagas e serviços não executados, etc.O LADRÃO LEVOU O DINHEIRO E ASSINOU RECIBO! ... Só não foi filmado por câmara porque a prefeitura, na época, não dispunha desta tecnologia! Determinou a justiça, posteriormente, que se fizessem perícias judiciais ad perpetuam rei memorian (produção antecipada de provas) nas obras relacionadas pela comissão e, assim, foram constatadas por experientes peritos (engenheiros) todas as falcatruas apontadas no relatório.Os processos estão em andamento, porém, infelizmente, o Dr. Alaércio já não se encontra mais entre nós, mas a sua voz, em busca dos “punhos” dos responsáveis por aqueles atos de corrupção, ainda ecoa para todos que participavam daquelas reuniões:“- EU QUERO AS ALGEMAS”.Que a justiça seja feita, mesmo contrariando interesses de pseudos defensores do patrimônio público.“Senhor tende piedade de nós” O autor é Engenheiro civilObs.: Artigo em homenagem ao advogado Dr. Alaércio Abrahão dos Santos, ex-presidente da OAB, falecido em 29 de outubro de 2005.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Fisioterapia da Cassems será na Unidade Carandá a partir de segunda
TRÊS LAGOAS
Com ajuda de cão farejador, polícia apreende droga e prende traficantes
ENSINO SUPERIOR
UFGD publica o resultado final do Vestibular 2020
RODOVIA FEDERAL
CCR MSVia alerta motoristas sobre obras em andamento na BR-163
ESCOLAS PARTICULARES
Mensalidades a partir do 6º ano variam mais de 250% em Dourados
BRASIL
Presidente do STJ susta cobrança contra geradora após suspensão de liminar a pedido da Aneel
ESPORTE
Velejador Jorge Zarif é pego em antidoping a seis meses de Tóquio 2020
REGIÃO
Novo na cidade, homem é flagrado com droga e entrega traficante à polícia
BRASIL
PGR deve se manifestar sobre pedido de Geddel para progressão de regime prisional
CRIME AMBIENTAL
Assentados usavam moto e cavalo para retirar madeiras de Reserva

Mais Lidas

DOURADOS
Dono de borracharia sofre ferimentos com explosão ao encher pneu
DOURADOS
Motorista envolvido em acidente com morte no domingo se apresenta à polícia
DOURADOS
Homem é preso por destruir celular em operação deflagrada para esclarecer homicídio
POLÍCIA
Mulher é presa após furtar loja de departamentos em Dourados