Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 9860-3221

Estudo da Embrapa identifica 162 espécies apícolas no Pantanal

09 agosto 2002 - 08h15

A flora pantaneira se caracteriza pela riqueza e abundância de espécies e seu potencial apícola se estende por quase todo o ano, o que favorece a produção de mel de abelhas africanizadas que ocupam ocos de árvores.
Estudos realizados pela equipe técnica da Embrapa Pantanal identificaram e catalogaram 520 espécies de plantas consideradas importantes na região, pela sua utilização como alimento, forrageira, apícola, frutífera, madeireira e uso medicinal ou, por outro lado, como invasoras e tóxicas. Dentre estas espécies os pesquisadores listaram 162 plantas apícolas pertencentes a 54 famílias.
O inventário da flora apícola do Pantanal em Mato Grosso do Sul foi realizado em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnógico - CNPq e Secretaria Estadual de Planejamento - SEPLAN, através do Programa Especial de Apoio à Apicultura.
Um dos fatores mais importante na formação do pasto apícola é saber identificar as espécies mais apropriadas e adaptadas em cada região. Um exemplo é a bernadina, encontrada em todo Pantanal e muito procurada pelas abelhas, pela alta concentração de açúcar em seu néctar.
Existem outras espécies como tarumã, ipê, cambará e assa-peixe; as plantas rasteiras como a hortelã do campo e chuveirinho também são muito procuradas.
“A flora apícola do Pantanal é riquíssima e dá floração durante quase todo o ano”, disse Alfredo Pinto de Arruda que trabalha com mel no Pantanal desde 1970. O apicultor está iniciando um trabalho em parceria com a Embrapa Pantanal na produção de mel e seus sub-produtos. “Com este potencial da região temos condições de retirar até 70 quilos/ano de mel, por caixa”.
No entanto, o apicultor acrescenta que períodos prolongados de seca reduzem drasticamente as floradas, com consequente queda na produção, podendo, em alguns casos, necessitar de complementação alimentar para as abelhas.
No Pantanal as espécie de plantas mais procuradas pelas abelhas são assa-peixe, cumbaru, hortelãzinha e o tarumeiro.
O inventário da flora apícola do Pantanal indica o grande potencial deste recurso natural, em uma região que não tem inverno rigoroso e está praticamente livre de inseticidas oferecendo um ambiente favorável à apicultura.


Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Camila Alves resgata foto com barriga chapada e diz: "antes das crianças"
AMAMBAI
Homem de 43 anos morre após sofrer mal súbito no local de trabalho
ECONOMIA
Conta de luz pode ter aumento de 15% a partir de abril em MS
JUDICIÁRIO
STF adia julgamento sobre compartilhamento de dados da Receita
CRIME AMBIENTAL
Paulistas são multados em R$ 2,5 mil por transportar pescado ilegal
CAPITAL
Com dores e febril após parto, mulher expele pano durante o banho
LEÃO
Receita recebe quase 5 milhões de declarações do IR em duas semanas
CORUMBÁ
Pai e 2 filhos são presos ao manter depósito de combustível no quintal
CONCURSO
Governo abre seleção profissionais para gestão de recursos hídricos
SAÚDE
STJ autoriza João de Deus a deixar prisão para tratamento médico

Mais Lidas

PREJUÍZO
Chuva forte derruba árvores e deixa ruas alagadas em Dourados
IMPETUS
“Central de inteligência” do PCC que planejava matar servidores de MS é desarticulada na PED
DOURADOS
Defesa Civil mantém alerta com “chuvarada” que deve continuar na região
PONTA PORÃ
Chuva forte causa transtornos e casal cai de moto em meio a enxurrada; veja vídeo