Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Estudo da Embrapa identifica 162 espécies apícolas no Pantanal

09 agosto 2002 - 08h15

A flora pantaneira se caracteriza pela riqueza e abundância de espécies e seu potencial apícola se estende por quase todo o ano, o que favorece a produção de mel de abelhas africanizadas que ocupam ocos de árvores.
Estudos realizados pela equipe técnica da Embrapa Pantanal identificaram e catalogaram 520 espécies de plantas consideradas importantes na região, pela sua utilização como alimento, forrageira, apícola, frutífera, madeireira e uso medicinal ou, por outro lado, como invasoras e tóxicas. Dentre estas espécies os pesquisadores listaram 162 plantas apícolas pertencentes a 54 famílias.
O inventário da flora apícola do Pantanal em Mato Grosso do Sul foi realizado em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnógico - CNPq e Secretaria Estadual de Planejamento - SEPLAN, através do Programa Especial de Apoio à Apicultura.
Um dos fatores mais importante na formação do pasto apícola é saber identificar as espécies mais apropriadas e adaptadas em cada região. Um exemplo é a bernadina, encontrada em todo Pantanal e muito procurada pelas abelhas, pela alta concentração de açúcar em seu néctar.
Existem outras espécies como tarumã, ipê, cambará e assa-peixe; as plantas rasteiras como a hortelã do campo e chuveirinho também são muito procuradas.
“A flora apícola do Pantanal é riquíssima e dá floração durante quase todo o ano”, disse Alfredo Pinto de Arruda que trabalha com mel no Pantanal desde 1970. O apicultor está iniciando um trabalho em parceria com a Embrapa Pantanal na produção de mel e seus sub-produtos. “Com este potencial da região temos condições de retirar até 70 quilos/ano de mel, por caixa”.
No entanto, o apicultor acrescenta que períodos prolongados de seca reduzem drasticamente as floradas, com consequente queda na produção, podendo, em alguns casos, necessitar de complementação alimentar para as abelhas.
No Pantanal as espécie de plantas mais procuradas pelas abelhas são assa-peixe, cumbaru, hortelãzinha e o tarumeiro.
O inventário da flora apícola do Pantanal indica o grande potencial deste recurso natural, em uma região que não tem inverno rigoroso e está praticamente livre de inseticidas oferecendo um ambiente favorável à apicultura.


Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Senado Federal aprova uso obrigatório de máscaras em todo país
MEIO AMBIENTE
Homem é multado em R$ 5 mil por invadir terreno e fazer terraplanagem
CAPITAL
Não entrega de produto comprado pela internet gera indenização
CORUMBÁ
Polícia prende suspeito de participar do assassinato de professor de 27 anos
ESPERANÇA
Vacina brasileira contra a Covid-19 entra em fase de testes em animais
TRÊS LAGOAS
Homem leva sobrinho-neto de quatro anos a terreno baldio e o estupra
JUSTIÇA
Atacadista deve indenizar por danos ocorridos em carro de cliente
MS
Mulheres dedicam quase o dobro de tempo a mais que os homens nos afazeres domésticos
DOURADOS
Câmara confirma mais dois casos de coronavírus após testagem em massa
REGIÃO
Jovem de 20 anos é preso em MS tentando levar maconha até Curitiba

Mais Lidas

EPICENTRO
Casos de coronavírus "explodem" e Dourados registra recorde de confirmações
PANDEMIA
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
PANDEMIA
Comitê aponta surtos de coronavírus em dois pontos de Dourados
TRÁFICO DE DROGAS
Casal é preso após entreposto da droga ser fechado em Dourados