Menu
Busca quinta, 24 de outubro de 2019
(67) 9860-3221

Estudo da Embrapa identifica 162 espécies apícolas no Pantanal

09 agosto 2002 - 08h15

A flora pantaneira se caracteriza pela riqueza e abundância de espécies e seu potencial apícola se estende por quase todo o ano, o que favorece a produção de mel de abelhas africanizadas que ocupam ocos de árvores.
Estudos realizados pela equipe técnica da Embrapa Pantanal identificaram e catalogaram 520 espécies de plantas consideradas importantes na região, pela sua utilização como alimento, forrageira, apícola, frutífera, madeireira e uso medicinal ou, por outro lado, como invasoras e tóxicas. Dentre estas espécies os pesquisadores listaram 162 plantas apícolas pertencentes a 54 famílias.
O inventário da flora apícola do Pantanal em Mato Grosso do Sul foi realizado em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnógico - CNPq e Secretaria Estadual de Planejamento - SEPLAN, através do Programa Especial de Apoio à Apicultura.
Um dos fatores mais importante na formação do pasto apícola é saber identificar as espécies mais apropriadas e adaptadas em cada região. Um exemplo é a bernadina, encontrada em todo Pantanal e muito procurada pelas abelhas, pela alta concentração de açúcar em seu néctar.
Existem outras espécies como tarumã, ipê, cambará e assa-peixe; as plantas rasteiras como a hortelã do campo e chuveirinho também são muito procuradas.
“A flora apícola do Pantanal é riquíssima e dá floração durante quase todo o ano”, disse Alfredo Pinto de Arruda que trabalha com mel no Pantanal desde 1970. O apicultor está iniciando um trabalho em parceria com a Embrapa Pantanal na produção de mel e seus sub-produtos. “Com este potencial da região temos condições de retirar até 70 quilos/ano de mel, por caixa”.
No entanto, o apicultor acrescenta que períodos prolongados de seca reduzem drasticamente as floradas, com consequente queda na produção, podendo, em alguns casos, necessitar de complementação alimentar para as abelhas.
No Pantanal as espécie de plantas mais procuradas pelas abelhas são assa-peixe, cumbaru, hortelãzinha e o tarumeiro.
O inventário da flora apícola do Pantanal indica o grande potencial deste recurso natural, em uma região que não tem inverno rigoroso e está praticamente livre de inseticidas oferecendo um ambiente favorável à apicultura.


Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Comparsa de homicídio de adolescente é condenado a 8 anos
BALANÇO
TRE/MS realiza audiência para tratar da biometria em Terenos
CESSÃO ONEROSA
Congresso aprova projeto que garante R$ 34,6 bi à Petrobras
CAPITAL
Falso repórter engana treinador de futebol com entrevista e clona WhatsApp
UEMS
Mestrado em Ensino em Saúde prorroga período de inscrições
NOVA ALVORADA
Homem esfaqueou pastor porque ele ‘fomentava’ separação, diz polícia
REFORMA APROVADA
Ponto a ponto: saiba o que vai mudar nas aposentadorias
TRÊS LAGOAS
Homem atira para matar ex-mulher e acaba baleando dono de restaurante
MÚSICA
Livro sugere que Raul Seixas entregou Paulo Coelho à ditadura
MEIO AMBIENTE
PMA usa satélite e drone para autuar infrator por desmatamento

Mais Lidas

HAYEL BON FAKER
Homens são presos fazendo sexo em via pública em Dourados
DOURADOS
Três são presos após ‘batida’ em ‘boca de fumo’ no Jardim Pantanal
DOURADOS
“Se não pagar vocês não vão dormir, não vão ter paz”, ameaçou professora indígena presa por extorsão
TRÁFICO
Economista e corretor são presos com mais de 30kg de cocaína