Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

Estudo aponta que fazenda está em território Guarani

23 dezembro 2003 - 13h38

Estudo feito pelo antropólogo Fábio Moura aponta que a área onde está a fazenda Agrolac, em Iguatemi, pertence a índios Guarani. Atualmente, cerca de mil indígenas vivem em 1,6 mil hectares na aldeia Porto Lindo. Os levantamentos sugerem a ampliação do território para 9,4 mil hectares. Segundo Cleomar Vaz Machado, chefe de patrimônio indígena e meio ambiente da Funai (Fundação Nacional do Índio) em Amambai, o órgão em Brasília solicitou algumas alterações no levantamento, que retornou às mãos do antropólogo. A nova análise ainda não tem data para ser concluída. De ontem para hoje, os indígenas ocuparam a fazenda Agrolac, tomando inclusive a sede da propriedade. Machado está se dirigindo ao local, em mais uma tentativa de garantir a desocupação pacífica.“Os índios reclamam falta de apoio da Funai, mas devem entender que precisamos atuar pelos meios legais”, comenta Machado, que se diz preocupado com os ânimos exaltados dos indígenas na localidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CICLISMO
Desafio das Araras de Mountain Bike abre inscrições para 2ª etapa
TRÊS LAGOAS
Homens tentam dar calote de R$ 4,5 mil em boate e acabam na delegacia
VIOLÊNCIA
Líder rural é assassinada a facadas em assentamento no sudeste do Pará
DOURADOS
Homem é assaltado por trio quando trafegava próximo ao shopping
SELEÇÃO
Brasil enfrenta hoje o Panamá no primeiro amistoso da temporada
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiros são autuados em R$ 19,5 mil por quatro desmatamentos
DESACOMPANHADOS
Nova lei exige autorização judicial para menores de 16 anos viajarem
CENTRO
Jovem de 22 anos perde motocicleta durante assalto em Dourados
EDUCAÇÃO
IFMS divulga local de prova e ensalamento de concurso para docentes
PONTA PORÃ
Clientes de mercado ficam na mira de 4 bandidos durante assalto

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia