Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Estadualização das BRs: patrulheiros defendem permanência

10 dezembro 2003 - 12h07

Os policiais rodoviários federais da Base Operacional de Dourados reafirmarão hoje à noite, diante do secretário Dagoberto Nogueira Filho, de Justiça e Segurança Pública, o descontentamento com a transferência da fiscalização das rodovias federais para o Governo de Mato Grosso do Sul.Temos serviços prestados e somos reconhecidos pelo nosso empenho em apreensões recordes de drogas e no combate ao contrabando de toda espécie"", ponderou Marcos Pereira, representante local da Associação Nacional dos Policias Rodoviários Federais, repetindo argumento exposto ao secretário durante o simpósio realizado pelo Sinjorgran (Sindicato dos Jornalistas Profissionáis da Grande Dourados). ""Queremos continuar contribuindo com nossa experiência para a segurança da região"", disse Pereira.O representante dos agentes informou que eles desejam a permanência da fiscalização e dos postos de controle sob jurisdição da PRF. Segundo ele atualmente cerca de 35 agentes se revezam na fiscalização.(Rozembergue Marques)

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Irmã de Luan Santana posa de biquíni e recebe elogios: 'obra de arte'
ANGÉLICA
Jovem é preso por levar pistola de uso restrito para escola e ameaçar alunos
DOURADOS
Praça Antonio João terá mobilização pela Semana da Árvore no sábado
RIO GRANDE DO SUL
Justiça condena União a indenizar professora perseguida na ditadura
MEIO AMBIENTE
Jaguatirica capturada ferida em pousada é lavada para reabilitação
MIRANDA
Pecuarista é multado em R$ 17 mil por desmatamento em área protegida
ESTADOS UNIDOS
Bolsonaro viajará para assembleia da ONU em NY, diz porta-voz
CRIME AMBIENTAL
Construtor é autuado por caça e pesca predatórias e porte de arma
STJ
INSS deve pagar por afastamento de vítima de violência doméstica
CAPITAL
Gerente desvia R$1,2 milhão e compra casa em condomínio de luxo

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção