Menu
Busca domingo, 20 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
TÊNIS

Tênis brasileiro chega a final de Roland Garros 14 anos depois de Guga

05 junho 2015 - 10h59

O mineiro Marcelo Melo terá mais uma vez a chance de vencer pela primeira vez um título de Grand Slam. Nesta quinta-feira, dia 04 de junho, ele e o parceiro croata Ivan Dodig venceram sua semifinal de duplas em Roland Garros e garantiram vaga na final. Os dois levaram a melhor sobre o holandês Jean-Julein Rojer e o romeno Horia Tecau em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/5.

Será a segunda final de Slam da carreira de Melo, que também ao lado de Dodig ficou com o vice-campeonato de Wimbledon, em 2013. Assim como naquela final, eles terão pela frente a dupla mais vitoriosa da história dos tênis, os gêmeos norte-americanos Bob e Mike Bryan.

"Já fizemos vários jogos contra eles, então as duplas se conhecem bastante. Vamos com tudo, sempre procurando manter nossa estratégia e continuando com nosso jogo agressivo, que tem dado certo durante o torneio", declarou Melo.

Os irmãos Bryan fizeram valer o favoritismo de cabeças de chave número 1 e derrubaram os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli, campeões do Aberto da Austrália deste ano, em sets diretos e placar final de duplo 6/3. Juntos, Mike e Bob já venceram os quatro principais torneios do circuito 16 vezes, foram seis conquistas na Austrália, duas em Roland Garros, três em Wimbledon e cinco no Aberto dos EUA.

Melo e Dodig começaram muito bem no duelo com Rojer e Tecau, abrindo 3/0 logo de cara. Eles tiveram que salvar dois break-points no sétimo game, o único em que tiveram o serviço ameaçado. No nono a dupla mineiro-croata confirmou de zero e fechou a parcial.

O segundo set foi mais equilibrado e definido apenas na reta final. O mineiro e o austríaco salvaram três break-points no segundo game e não tiveram chances até o 11º, quando aproveitaram a solitária oportunidade de quebra para tomar a dianteira. Em seguida, Melo sacou em 6/5, confirmou o serviço e carimbou o passaporte para a decisão.

"É uma vitória muito importante. Estamos jogando bem, foram duas semanas intensas, com jogos com cargas diferentes de adrenalina, nervosismo, mas conseguimos nos manter focados e confiantes. A felicidade é muito grande em estar na final de Roland Garros. É um torneio muito querido pelos brasileiros, há uma grande identificação por causa das conquistas do Guga", comemorou o mineiro.

"Então, fico muito feliz de também ter a chance de jogar uma final. Ivan e eu precisamos aproveitar esta confiança que temos tido no nosso jogo e continuar com toda esta energia para a final", finalizou o brasileiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM CARAMURU
Populares denunciam e homem é preso tentando furtar igreja
BIKE
Inscrições para o "Bonito Cross" terminam neste domingo
PARQUE DO LAGO
Casal é preso por promover festa para adolescentes com bebida alcoólica
TELEVISÃO
BBB19: com superparedão em andamento, hoje terá votação misteriosa
PANTANAL
Acidente entre carro e moto deixa homem morto e mulher ferida
JAGUAPIRU
Acusado de balear mulher após discussão é preso pela Polícia
DAVOS
Bolsonaro embarca neste domingo para o Fórum Econômico Mundial
CAMAPUÃ
Acidente entre Celta e Uno deixa ao menos cinco mortos na BR-060
MONTE LÍBANO
Homem é preso acusado de tráfico de drogas por atacado
CONCURSO
Inscrições para professor temporário do Estado terminam hoje

Mais Lidas

DOURADOS
Homem furta loja do shopping, alarme dispara e ele acaba preso
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Discussão entre casal termina com mulher baleada em Dourados
CAMPO GRANDE
Bandidos que morreram em confronto com a polícia são identificados
DOURADOS
Assaltante agride mulher para roubar moto, mas desiste após não conseguir dar partida