Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
ESPORTE

Técnico de judô de MS adquire experiência em intercâmbio no Japão

18 outubro 2019 - 13h05Por Da Redação

O professor de judô Nicodemos Filgueiras Júnior fez parte do programa de intercâmbio Sport to Tomorrow, que interliga o Brasil e o Japão através do esporte. A parceria foi estabelecida pela Embaixada do Japão no Brasil, associada à Confederação Brasileira de Judô (CBJ), Governo Federal do Brasil e Instituto Kodokan do Brasil. O sensei integra o quadro de profissionais da Secretaria de Estado de Educação (SED) como professor de educação física em Ponta Porã.

Filgueiras deslocou-se ao Japão por meio de autorização da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) e passou 32 dias no país asiático, entre mês de setembro e a primeira semana de outubro, com aulas na Universidade de Tsukuba e no Instituto Kodokan, em Tóquio, berço do judô.

Conforme a CBJ, o programa esportivo oferece aos professores brasileiros uma oportunidade de vivenciar e observar como o judô é trabalhado no sistema educacional japonês. Em contrapartida, após palestras, seminários e visitações em escolas, os participantes têm a responsabilidade de trabalhar propostas executáveis de inserção do judô na grade curricular das escolas públicas em suas cidades natais no Brasil.

No total, oito professores foram selecionados pelo programa e Nicodemos Filgueiras foi o único representante sul-mato-grossense. O processo de seleção dos participantes foi realizado pela CBJ, em parceria com o Instituto Kodokan do Brasil e Ministério da Educação do Japão. Os candidatos foram submetidos à análise de currículo, entrevista com obrigatoriedade de proficiência em língua inglesa e apresentação dos projetos que estão à frente em suas respectivas unidades federativas. O processo seletivo atentou-se à atuação dos senseis, com o objetivo de valorizar os que já trabalham com judô escolar e em projetos sociais.

“Tive a felicidade de ser um dos contemplados, representando não só Mato Grosso do Sul, mas todo Centro-Oeste. Durante pouco mais de um mês tivemos diversas palestras voltadas à formação profissional e tendo como tema o judô dentro das escolas públicas. Visitamos algumas escolas japonesas, foi uma experiência muito interessante para verificar como funcionam as aulas de judô. Agora, o foco é trazer essa adaptação para o Brasil”, afirma Filgueiras.

O professor de judô destaca que o Programa Escolar de Formação e Desenvolvimento Esportivo de Mato Grosso do Sul, promovido pela Fundesporte em articulação com o Núcleo de Esportes (NESP) da SED, estimula as potencialidades dos alunos-atletas de judô em âmbito escolar. Segundo ele, a finalidade, após regressar do Japão, é ampliar a qualificação de os outros professores do Estado. “A missão é fazer com que mais professores de judô possam ter acesso a informações, de modo a facilitar o trabalho com atletas em escolas do estado, para que sejam melhores no que já fazem”.

Filgueiras está desde 2010 à frente de um projeto social no distrito Nova Itamarati, pertencente à Ponta Porã, a cerca de 312 quilômetros de Campo Grande. A Associação Atlética Nico Judô tem a participação de centenas de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Para o coordenador do Programa Escolar de Formação e Desenvolvimento Esportivo de Mato Grosso do Sul e do NESP, doutor Silvio Lobo Filho, a participação de Filgueiras no intercâmbio é uma forma de fortalecer o judô no interior do Estado. “O professor Nicodemos realiza um excelente trabalho no campo do judô, não apenas na região de Ponta Porã, mas no estado todo e no Brasil. Essa especialização vem contribuir para que ele possa ampliar seu trabalho e multiplicar essas informações com os colegas que são treinadores”.

“O Nico é um técnico experiente, muito responsável, apaixonado pelo judô, entrega-se à modalidade, tem produzido grandes campeões e é um notável organizador de eventos de judô. O professor tem uma qualidade técnica muito boa e é uma pessoa muito importante no desenvolvimento de políticas públicas de esporte na área de judô em Mato Grosso do Sul”, complementa Silvio Lobo, que relembra que Mato Grosso do Sul tem participação histórica em intercâmbios entre Brasil e Japão. “O sensei Roberto Mitio Harada, um dos precursores da modalidade no Estado, foi o primeiro professor universitário de judô de Mato Grosso do Sul a participar de capacitações internacionais desta natureza”.

O presidente da Federação de Judô de Mato Grosso do Sul (FJMS), José Ovídio Silva, ressalta que a manutenção do alto rendimento da modalidade no Estado deve-se à dedicação da Fundesporte em apoiar o judô. “A Fundesporte é uma parceira que respeitamos muito e fazemos questões de levar o seu nome em todos os nossos eventos, para que as pessoas saibam o quão importante e sério é o trabalho realizado pelo diretor-presidente Marcelo Miranda, principalmente junto ao judô estadual. Faço questão de frisar isso, porque o reconhecimento dessa parceria é de fundamental importância para o desenvolvimento do nosso esporte”.

“O apoio que a Fundesporte tem nos dado faz com que nós possamos ter a tranquilidade de levar e fazer aparecer o trabalho fidedigno dos professores do judô de Mato Grosso do Sul. O segredo do sucesso nada mais é do que a parceria entre a FJMS e a Fundesporte, que coroa o trabalho de base do judô sul-mato-grossense”, finaliza Ovídio.

 O Sport for Tomorrow

O Brasil e o Japão sustentam, há três anos, parceria que visa a troca de experiências esportivas e de organização dos Jogos Olímpicos. Uma das ações, estabelecida durante o Fórum Mundial de Cultura e Esporte, teve como intuito o envio de técnicos brasileiros de judô para treinamento no Japão, como forma de presenciarem in loco a metodologia de ensino da modalidade em escolas públicas e replicarem o modelo nas instituições de ensino brasileiras.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Testemunhas escutam tiros e encontram homem executado na fronteira
IMORTAL
Sul-maro-grossense é indicado para Academia Brasileira de Educação Física
BODOQUENA
Homem é preso acusado de estuprar a filha da enteada
CESSÃO ONEROSA
Municípios vão receber dinheiro do leilão do pré-sal até 27 de dezembro
CAPITAL
Responsável por atropelamento com morte se apresenta e fica livre
UEMS
Inscrições ao Mestrado Acadêmico em Letras terminam na próxima semana
CAPITAL
Mulher joga copo de vidro na testa de ex-marido após crise de ciúmes
PROTESTOS
fronteira do Brasil com Bolívia em Corumbá é reaberta após 21 dias
AQUIDAUANA
Pai denuncia escola após filho ser impedido de usar banheiro e defecar na roupa
JUSTIÇA
Concessionária deve indenizar cliente por emplacamento incorreto

Mais Lidas

DOURADOS
Encontrado morto na PED dividia cela com 18 internos em ala comandada por facção
TRÂNSITO
Bêbado invade preferencial e deixa família ferida em Dourados
ENCOMENDADA
Quadrilha desarticulada tinha ordem de facção para roubar seis motos em Dourados
PURIFICAÇÃO
Preso, ex-secretário de Saúde é exonerado do cargo de coordenador do Samu