Menu
Busca quarta, 21 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

São Paulo demite técnico Carpegiani; Cuca é o favorito

13 maio 2011 - 12h04

O São Paulo demitiu o técnico Paulo César Carpegiani no começo da tarde desta sexta-feira. Integrantes da diretoria do clube confirmaram a informação.

O favorito para ocupar a vaga é Cuca, que hoje está no Cruzeiro. A equipe mineira, porém, ainda disputa no domingo a decisão do estadual contra o Atlético-MG.

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, disse que não vê problemas em tirar treinadores que estejam empregados em clubes rivais. "Isto é normal no futebol", disse o dirigente.

Carpegiani chegou na 28ª rodada do Campeonato Brasileiro para substituir Sergio Baresi. Em 39 partidas sob seu comando, o time do Morumbi obteve 25 vitórias, 4 empates e 10 derrotas, sem conquistar títulos.

A CRISE

A situação de Carpegiani ficou insustentável depois de duas eliminações consecutivas. Na semifinal do Paulista, diante do Santos, e nas quartas de final da Copa do Brasil, contra o Avaí.

O treinador nem voltou com a delegação para a capital paulista. De Florianópolis foi para o Rio Grande do Sul --o elenco só volta a trabalhar na segunda-feira.

No desembarque, Juvenal Juvêncio já havia admitido "ter alguns nomes" para a vaga de Carpegiani. O mandatário foi ainda um dos alvos da crítica de torcedores, que picharam parte do muro do estádio do Morumbi.

"A situação é delicada. A diretoria vai se reunir nos próximos dias para avaliar a situação. Alguma decisão precisa ser tomada de forma rápida", disse o vice de futebol do São Paulo, Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco.

Depois do jogo, na noite de quinta, o meia-atacante Rivaldo foi o primeiro a mostrar insatisfação e disse que foi humilhado pelo técnico.

O golério e capitão Rogério Ceni também foi explícito em suas críticas.

"Fomos fracos. A culpa é única e exclusivamente nossa. Não mostramos ser um time de decisão. Não tivemos a mínima maturidade. Faltou mais concentração, ênfase e vontade. E olha que o Avaí nem pressionou tanto assim", criticou o capitão Rogério, em entrevista publicada no site oficial do clube. "Você fazer 1 a 0, podendo perder de 2 a 1, e ainda tomar 3 a 1. Tenho vontade de enfiar minha cabeça dentro de um buraco", completou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Polícia apreende carretas com droga estimada em 5 toneladas
MS
Paciente deverá receber atendimento domiciliar pelo SUS
CAMPO GRANDE
Justiça concede tutela antecipada para que Estado deixe de realizar obra no Parque dos Poderes
BRASIL
Parecer da previdência dos militares será apresentado em setembro
DOURADOS
Igreja forma nova turma de músicos e apresenta concerto
COSTA RICA
Polícia encontra armas na casa de empresário suspeito de violência doméstica
ALERTA
Saúde confirma casos de sarampo em mais 7 estados
SANGUE FRIO
MPF recorre de sentença que absolveu dois acusados em uma das ações
LOMBADAS
Detran-MS negocia dívida e pede rescisão de contrato com empresa de radares no Estado
ECONOMIA
Dólar fecha em queda após início de nova atuação do BC no câmbio

Mais Lidas

ESTUPRO
Homem é preso após dormir com a namorada de 11 anos
DOURADOS
Ladrão é preso acusado no furto de carro, R$ 30 mil em joias e eletrônicos
CAARAPÓ
Colisão frontal entre carretas deixa um morto na BR-163
POLÍCIA
Integrante de quadrilha especializada em roubo à famílias é apresentado pelo SIG