Menu
Busca domingo, 18 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
FUTEBOL

Presidente do Operário solicita arbitragem "neutra" nos jogos do returno do Brasileiro

20 maio 2019 - 18h20Por Da Redação

O Presidente do Operário Estevão Petrallas, solicitou ao Presidente da Federação de Futebol do Mato Grosso do Sul Francisco Cezário de Oliveira, envio de ofício a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), escala de arbitragem neutra nos jogos restantes do Brasileiro Série D.

A solicitação de Petrallas é para que a CBF, não escale árbitros dos estados envolvidos com o Operário na disputa da vaga para a próxima fase, no caso, Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais.

A reclamação do Presidente se deu por conta do trio mineiro que comandou o jogo diante do União-MT na derrota por 2 a 0 no Jacques da Luz pela 2ª rodada.

O galo é terceiro colocado com três pontos, mesma pontuação do União-MT e um a menos que Patrocinense e Anapolina. União x Patrocinense fecham a terceira rodada nesta segunda-feira(20) em Rondonópolis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Veículo pega fogo e fica totalmente destruído em acidente, na MS-276
MS
Motorista embriagado abandona carro no meio da rua com celular e pistola dentro
CULTURA
III Festival da Canção da UEMS será neste domingo em Dourados
BRASIL
Maior rendimento do FGTS exige atenção na hora do saque
CAMPO GRANDE
Motociclista morre após avançar via preferencial
MS
“Operação Divisa Segura VII” prende foragido da polícia
MS
Criminoso foge e polícia apreende carro “recheado” de maconha
POLÍTICA
Morre, aos 96 anos, o ex-ministro Roberto Herbster Gusmão
CAMPO GRANDE
Mulher tem veículo incendiado ao deixá-lo estacionado na rua
ESPORTES
Audax recebe Avaí/Kindermann pelas quartas de final do Brasileiro Feminino

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente com morte pode ter ocorrido após motociclista ser fechado por carro
BR-163
Passageira morre após homem colidir moto contra placa de sinalização em Dourados
DOURADOS
Homem fica ferido após estouro de equipamento na Cabeceira Alegre
POLÍTICA
PSL lança nome para Prefeitura de Dourados e senadora descarta aliança com tucanos