Menu
Busca terça, 25 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
ÚLTIMO SALTO

Paraquedista brasileiro morre durante salto nos Estados Unidos

21 junho 2015 - 09h35

O paraquedista brasileiro Andrei Penz, de 30 anos, morreu durante um salto nos Estados Unidos. A suspeita é que o equipamento não tenha aberto enquanto Penz realizava uma manobra. O acidente aconteceu no começo da tarde de sexta-feira, dia 19 de junho, na cidade norte-americana de Jamul, no estado da California.

Natural de Porto Alegre, Andrei vivia há cerca de cinco anos em San Diego e trabalhava como instrutor de paraquedismo. Em Porto Alegre, o Grêmio, clube pelo qual Andrei torcia, realizou um minuto de silêncio em homenagem a ele pouco antes do jogo contra o Palmeiras na noite deste sábado.

Tio de Andrei, o conselheiro do Grêmio Airton Ruschel lamentou a morte e afirmou ser cedo para especificar as causas.

"Ele morava em San Diego, era instrutor e tinha mais de 1,5 mil saltos. Era muito experiente. Ele estava fazendo mais um salto, foi fazer uma manobra e aconteceu esse acidente. Agora eles vão estudar o que houve. Sabemos que os Estados Unidos são muito rigorosos nisso, mas vai demorar um pouco para que se tenha as respostas definitivas", disse Ruschel.

O corpo de Andrei deverá ser cremado nos Estados Unidos. Parte das cinzas deverá ser depositada sobre o Oceano Pacífico, e o restante, levado ao Rio Grande do Sul. Ainda segundo Ruschel, duas missas seriam realizadas na Igreja São Manoel, em Porto Alegre, em memória do paraquedista.

A morte de Andrei repercutiu na imprensa norte-americana. O site da rede de televisão NBC descreveu o gaúcho como um "instrutor de paraquedismo perito com paixão por aventura e amor pela vida". Segundo a publicação, Andrei saltou às 13h30 no horário local, 17h30 em Brasília, conforme informações da polícia de San Diego.

"Uma testemunha que observava debaixo disse a policiais que, quando o homem se aproximou do solo, ele podia vê-lo mexendo nos botões do paraquedas. No entanto, isso não aliviou a queda, e ele bateu forte no chão. A testemunha disse que o paraquedas parecia ter se rompido parcialmente enquanto o paraquedista se aproximava do chão", diz a publicação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Juiz anula decisão sobre patente de remédio para hepatite C
PROJETO
Inscrições para o I Acampa Dourados são prorrogadas até sexta-feira
CORUMBÁ
Direção trava e condutor fica ferido ao colidir carro em rampa de caminhão
PRIMEIRO ATO
Toffoli sanciona lei que amplia licença paternidade nas Forças Armadas
SOLIDARIEDADE
Doação de órgãos é tema de evento no HU de Dourados nesta terça
CAMPO GRANDE
Cidadão pode participar de decisões da Justiça como Jurado Voluntário
EDUCAÇÂO
Enepex começa hoje em Dourados, integrando a UEMS e a UFGD
1ª PEIXADA DOURADOS NEWS
Dourados News comemora 18 anos com peixada e atrações regionais
TEMPO
Terça-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
SHOWBIZ
Paola Antonini: "minha autoestima melhorou depois que perdi a perna"

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescente é encontrado baleado na rua e morre no HV
DOURADOS
Justiça mantém flagrante, mas concede liberdade a suspeita de alterar cena do crime
FÁTIMA DO SUL
Acidente envolvendo três veículos mata motociclista na MS-376
VIOLÊNCIA URBANA
Motorista de Uber é assaltada durante corrida em Dourados