Menu
Busca quarta, 19 de junho de 2019
(67) 9860-3221

O drama de um astro do futebol que nasceu no MS

13 maio 2011 - 09h00

Um dos poucos jogadores a atuar nos cinco grandes clubes de São Paulo: São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Santos e Portuguesa, o ex-atacante sul-mato-grossense Muller vive um drama atualmente. Em entrevista ao programa Esporte Fantástico, da TV Record, o ex-jogador falou como é morar de favor na casa do amigo Pavão, ex-lateral que foi seu companheiro no São Paulo.

O ex-atacante também mandou um recado para Dentinho e Neymar, jogadores que estão na moda hoje em dia. Segundo ele, os jogadores precisam ter a cabeça no lugar para não se deslumbrarem com a fama.

Muller revelou ainda que o francês Zinedine Zidane o procurou e disse que se inspirava nele quando garoto. Ainda foram ouvidos ex-jogadores que atuaram com Muller no passado e relembrados outros casos de jogadores que perderam quase todo o dinheiro depois da aposentadoria. A matéria vai ao ar neste sábado.

Gazeta Net/Anhonio Nerez

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Em cenário paradisíaco, Letícia Lima brinca: "estou insuportável"
CAMPO GRANDE
Mãe procura rapaz de 21 anos que desapareceu no último sábado
UEMS
Estão abertas as inscrições para o Programa de Mobilidade Nacional
JUSTIÇA
Homem é condenado por esfaquear mulher e terá que pagar R$ 8 mil
TRÂNSITO
Mais de 233 mil veículos devem passar pela BR-163 no feriado
POLÍTICA
Cinco partidos de oposição anuncia obstrução à reforma da Previdência
DIA 24
Luiza Brunet será empossada embaixadora do Mãos EmPENHAdas
RURAL
Plano Safra terá R$ 225,59 bilhões em créditos para agricultores
CAMPO GRANDE
Mulher vai ao salão de beleza e quando sai encontra veículo incendiado
POLÍTICA
Senado aprova parecer que pede suspensão dos decretos das armas

Mais Lidas

FATALIDADE
Corpo de douradense é encontrado no rio Aquidauana
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
PARAGUAI
Homem escapa de sequestro, mas acaba executado por pistoleiros em posto
RESERVA INDÍGENA
Dois são presos suspeitos pelas mortes de tio e sobrinho em Dourados