Menu
Busca sexta, 13 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
ESPORTE

Noite das Estrelas coloca em evidência o boxe estadual

08 novembro 2019 - 13h35Por Da Redação

A noite de sábado (9.11) será especial para o boxe de Mato Grosso do Sul. Com apoio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Campo Grande recebe o “Noite das Estrelas”, evento que reúne grandes nomes do pugilismo sul-mato-grossense e destaques de outros estados. Os combates acontecem no ginásio do Rádio Clube Campo, a partir das 19h. Segundo a Federação de Boxe de Mato Grosso do Sul (FDBMS), ao todo serão 11 lutas, das quais oito serão de boxe olímpico e três profissionais.

A principal atração da noite será o embate entre o sul-mato-grossense Luís Cláudio “Punhos de Aço” e o campeão baiano Genival Santos, que será decidido em 10 rounds. O atleta de Mato Grosso do Sul coloca em disputa seu título de campeão brasileiro de boxe na categoria peso-pena (até 57,53 kg), façanha inédita para um pugilista do Estado.

De acordo com a FDBMS, em 13 anos de boxe amador, Punhos de Aço realizou cerca de 230 lutas amadoras e detém mais de 30 títulos de campeão. Na fase profissional, tem em seu currículo sete lutas e cinco vitórias. Seu oponente, da Bahia, é pugilista há 18 anos e tenta o primeiro título nacional.

Outra novidade da noite é Paulo Martins, de 20 anos, sensação do boxe estadual. A terceira luta de sua carreira profissional será diante do paulista Welton Campos, em combate de quatro rounds, pela categoria até 66,7 kg. O cuiabano Nathann Ramatif e o coxinense Cícero Miagui também se enfrentarão em quatro assaltos. O boxeador mato-grossense é tido como revelação em seu Estado nos últimos anos. Já o atleta de Coxim tem mais de 50 lutas de artes marciais mistas (MMA) no cartel e, atualmente, trilha o caminho do boxe profissional.

Para o presidente da FDBMS, Marcelo Nunes, o apoio da Fundesporte é fundamental para a organização de eventos de boxe no Estado, evidenciando a modalidade no cenário nacional. “Apesar das circunstâncias adversas da economia do país, o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, cria meios para conseguir ajudar as entidades esportivas e com o boxe não é diferente. Ele faz o possível e o impossível para tentar viabilizar recursos para a organização de competições e apoiar nossos atletas".

"Por ter raízes no esporte, o Marcelo Miranda sente na pele a dificuldade que temos e, por isso, nos ajuda muito. Só tenho a agradecer à Fundesporte pelo auxílio na realização de mais este evento, que coloca em destaque o boxe do Estado”, finaliza Nunes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Délia prorroga intervenção na Funsaud por mais cinco meses
BRASIL
Clientes podem fazer portabilidade do consignado por aplicativo
JARAGUARI
Desmanche de carros roubados é fechado pela Polícia Civil
RESERVA INDÍGENA
Homem é flagrado dando pinga a crianças dentro de escola em Dourados
ECONOMIA
IBGE mostra Dourados atrás de Três Lagoas em ranking do PIB em MS
BRASIL
Bruno Covas tem alta da UTI e vai para unidade semi-intensiva
ESPORTE
Com a presença de atleta olímpico, MS inaugura piscina olímpica
ARTIGO
A questão dos presos federais e a derrota para a segurança pública de MS
BRASIL
Bolsonaro participa de comemoração do Dia do Marinheiro
ESPORTE
Evento esportivo do Ministério da Defesa reuniu mais de 600 atletas do Estado

Mais Lidas

CAARAPÓ
Homem é assassinado a golpes de faca após discussão em bar
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi
GRANDE DOURADOS
Quadrilha especializada em roubo de caminhonetes é desarticulada e seis são presos
FURTO
Polícia recupera objetos e fecha ponto de receptação em Dourados