Menu
Busca quinta, 17 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
DENÚNCIA

MP pede afastamento de Eurico Miranda da presidência do Vasco

14 setembro 2017 - 08h39

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro pediu o afastamento de Eurico Miranda da presidência do Vasco da Gama. Ele é acusado pelos promotores de acobertar torcidas organizadas que promovem a violência nos estádios. O telejornal Bom Dia Brasil da Rede Globo teve acesso, com exclusividade, à denúncia apresentada ao juizado do torcedor.

A ação do Ministério Público Estadual pede a destituição definitiva do presidente Eurico Miranda, dos vice-presidentes e da diretoria do Vasco da Gama, além de multa de R$ 500. O MPRJ baseou-se em relatórios do grupamento especial de estádios da PM,, sobre a confusão no fim do jogo entre Flamengo e Vasco, no dia 8 de julho, em São Januário.

Na ação civil pública, os promotores afirmam que o Vasco da Gama descumpre artigos do estatuto do torcedor, sobre a prevenção da violência nos esportes. Segundo o Ministério Público, a insegurança durante jogos é estimulada pela prática do clube em apoiar e incentivar a torcida organizada força jovem, atualmente punida com ordem de afastamento de qualquer arena esportiva por conta de episódios de violência.

Inconformados com a derrota, torcedores vascaínos jogaram bombas e objetos nos jogadores do flamengo e nos policiais militares, tentaram invadir o gramado. A polícia reagiu, jogando gás de pimenta, mas isso acabou afetando também os torcedores que não estavam envolvidos no tumulto, principalmente aqueles que estavam lá com filhos e mulheres.

As imagens mostram que alguns deles tiveram que escalar as cabines da imprensa para escapar da selvageria. O conflito continuou do lado de fora do estádio, e acabou em tragédia, com a morte do torcedor David Rocha Lopes, baleado no peito.

Na época, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, disse que a confusão foi provocada por grupos de oposição política à atual diretoria. O estádio de São Januário foi interditado por seis meses, mas o clube conseguiu, na Justiça, a liberação e jogou sem torcida contra o Grêmio, no último dia 9.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mariana Rios posa sensual e surpreende com biquíni ousado: "que susto"
POLÍTICA
Moka confirma aposentadoria, mas diz que benefício será de R$ 8 mil
RIO BRILHANTE
Motorista fica ferido ao perder controle de veículo e parar em valeta
CALOR
Demanda por energia elétrica atingiu novo recorde nesta quarta-feira
CAARAPÓ
Homem simula sequestro para enganar mãe e acaba preso
JUSTIÇA
TJ/MS extingue Câmara e institui juiz substituto em 2º Grau
ATAQUES
Policiais encontram 700 kg de explosivos em apartamento de Fortaleza
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende dois veículos com produtos eletrônicos na MS-141
STJ
Ex-presidente do Naviraiense é condenado por desviar R$ 247 mil
CRIME BÁRBARO
Mãe de santo acusada de homicídio em MS será julgada nesta quinta-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Rapaz assassinado em emboscada foi preso por tentativa de furto a caixa eletrônico
NOVA LEI
Multa mínima para quem capturar Dourado na próxima temporada de pesca será de R$ 2,7 mil
INQUÉRITO CIVIL
Denúncia leva MP investigar recursos destinados à Saúde de Dourados
DOURADOS
Seis são apontados por participação em emboscada que matou interno do Semiaberto