Menu
Busca sexta, 14 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Galo sobra na estreia e marca 3 a 0 no apático Atlético-PR

21 maio 2011 - 18h32

O Atlético-MG teve uma estreia sem sustos na edição 2011 do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o Galo foi comandado pelo atacante Magno Alves, autor de dois gols, para dominar o Atlético-PR e marcar o placar de 3 a 0, na Arena do Jacaré, na cidade de Sete Lagoas (MG).

Magno Alves balançou as redes duas vezes da mesma forma: de cabeça. Antes, viu Toró marcar o primeiro gol do Brasileirão-2011 com um chute preciso no canto direito do goleiro Renan Rocha.

E, se o Atlético-MG não tivesse diminuído o ritmo na etapa complementar, a diferença poderia ter sido maior.

Ao Atlético-PR, depois da inferioridade em relação ao Coritiba no Estadual, fica a preocupação pelo futebol ínfimo demonstrado em território mineiro. O esquema com apenas um atacante implantado pelo técnico Adilson Batista mostrou-se frágil neste sábado.

Na próxima rodada do torneio nacional, o Atlético-MG disputa o primeiro jogo fora de casa contra o Avaí, na Ressacada, no sábado da semana que vem. Um dia depois, o Atlético-PR busca a reabilitação contra o Grêmio.

O Jogo - O volante Toró monopolizou as atenções do início da participação do Atlético-MG no Brasileiro-2011. Aos oito minutos, o volante se infiltrou na defensa do Atlético-PR, foi lançado e tocou no canto direito de Renan Rocha: 1 a 0. Em seguida, o meio-campista também recebeu o primeiro cartão amarelo da partida.

Mas o Atlético-MG não era limitado ao desempenho de Toró. Aos 20 minutos, a jogada de bola parada do Galo proporcionou mais um gol. Na cobrança de escanteio de Giovanni Augusto, Magno Alves completou de cabeça, sem chances para Renan Rocha.

Perdido, o Atlético-PR não tinha forças para incomodar o Galo. Aos 40 minutos, Toró poderia se consagrar com mais um gol e, desta vez, errou feio o chute. A bola foi longe da meta do goleiro adversário.

Para o segundo tempo, o técnico Adilson Batista procurou melhorar o desempenho do meio-campo do Atlético-PR com a entrada de Adailton no lugar do lento Cléber Santana. Ainda assim, a equipe de Curitiba abusava nos passes errados.

Enquanto isso, o Atlético-MG diminui o ritmo. Sem o mesmo ímpeto da etapa inicial, os donos da casa tocavam a bola, mas não chegavam à meta de Renan com a mesma incidência.

Mas o Atlético-MG era soberano nas ações em campo e ainda chegou ao terceiro. Aos 30 minutos, Magno Alves voltou a mostrar sua qualidade nas cabeçadas. Livre na área, aproveitou o cruzamento da esquerda e finalizou no contrapé do goleiro do Atlético-PR.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AMBIENTAL
Paranaense é autuado em R$ 13 mil por disposição e armazenamento ilegal de agrotóxicos
FUTEBOL
Sete anuncia retorno de Otacílio Neto para o Estadual
JUSTIÇA
Acusada de descriminação, escola é condenada a pagar R$ 8 mil de indenização
ROUBO
Homem cai no golpe do falso frete em Dourados e perde F-4000
DOURADOS
Homem acorda, é surpreendido por ladrão e trancado no banheiro durante roubo
UFGD
Estão abertas as inscrições para o Vestibular indígena Teko Arandu
AQUIDAUANA
Corpo de trabalhador rural é resgatado por helicóptero da FAB
POLÍCIA
Homem é preso após ser flagrado transportando maconha na MS-164
ITAPORÃ
Operação mira roubos encomendados de dentro da PED
CENTRO DE MEDICINA DO TRABALHO
Eu apoio o projeto Natal para Todos - Dourados Brilha

Mais Lidas

BOAS FESTAS
Operação contra tráfico e roubo termina com cinco presos em Dourados
LUTO
Morre em Dourados empresário dono de tradicional restaurante
MESA DIRETORA
Após polêmicas e ‘novela’, Alan Guedes é eleito presidente da Câmara de Dourados
BOAS FESTAS
Ação conjunta mira traficantes em Dourados