Menu
Busca domingo, 18 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
BASQUETE

Flamengo atropela Bauru, mantém hegemonia e é tetra do NBB

30 maio 2015 - 12h58

No basquete brasileiro, quem manda é o Flamengo. Mesmo diante do time de melhor campanha na primeira fase, o clube carioca não tomou conhecimento do Bauru. Venceu a segunda partida da decisão por 77 a 67, neste sábado, dia 30 de maio, em Marília, e sagrou-se tetracampeão do Novo Basquete Brasil (NBB).

Foi o quarto título do Flamengo, o terceiro consecutivo, o que coloca a equipe da Gávea como a maior vencedora da competição nacional. O resultado ainda mantém o NBB com apenas dois campeões na história. Em sete edições, apenas o clube carioca e o Brasília, dono de três conquistas, levantaram o troféu do torneio.

"É uma alegria muito grande, esse foi o mais difícil. Oscilamos muito no campeonato, mas sabíamos do potencial do nosso time. Crescemos no momento certo", vibrou o ala Marcelinho Machado ao Sportv.

"Difícil falar agora alguma coisa. Para quem vê o dia a dia, nosso grupo de trabalho, só eles sabem o que a gente passou nessa temporada. Mérito dos jogadores, a festa é deles. Eles são os melhores mesmo, por isso que a gente conseguiu. Muita gente acha que tem briga por vaidade, mas é porque todos querem ganhar. Todos se respeitam", afirmou o técnico José Neto, comandante do Flamengo nas últimas três conquistas.

Já o Bauru perde a chance de manter os 100% de aproveitamento nesta temporada. O clube conquistou o Campeonato Paulista, a Liga Sul-Americana e a Liga das Américas. Este último título, aliás, dará direito de enfrentar o Real Madrid, campeão da Euroliga, na final da Copa Intercontinental no mês de setembro em São Paulo.

O revés do Bauru na final do torneio nacional também mantém o jejum paulista no NBB. Dono do maior número de representantes na competição (10 dos 16 participantes), o estado de São Paulo nunca conquistou o título do torneio organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB).

A partida deste sábado seguiu a mesma tônica do jogo anterior. O Flamengo controlou as ações com uma defesa agressiva que praticamente anulou as ações ofensivas do Bauru. O time do interior de São Paulo manteve um baixo percentual de arremessos, decisivo para o revés, e só esboçou uma reação no último período, mas sem sucesso.

O primeiro quarto foi um passeio do Flamengo, que nem parecia jogar 'fora de casa' (a partida foi em Marília, já que o ginásio Panela de Pressão, em Bauru, não oferece a capacidade exigida para receber a decisão). A pressão defensiva proporcionou o contra-ataque aos cariocas, que fecharam o período vencendo por 25 a 11.

O nível da partida caiu no segundo quarto e o Bauru equilibrou as ações. Chegou a reduzir a diferença para apenas oito pontos, mas voltou a vacilar no fim do período e viu os cariocas voltaram a ampliar a diferença para 40 a 25.

"Fizemos um bom primeiro tempo, nossa estratégia defensiva está funcionando. É continuar focado, com um jogo intenso", disse Marcelinho Machado.

O Flamengo voltou do intervalo com a mesma intensidade do primeiro quarto e contou com a apatia do Bauru para elevar a diferença. As bolas do Bauru seguiram não caindo, a equipe paulista apresentou uma marcação frouxa e os cariocas colocaram a mão na taça ao abrirem 62 a 39.

O Bauru acordou para a partida apenas no último quarto. Robert Day passou a acertar os chutes de três, marcou 12 pontos no período, a diferença caiu para 10 e 'incendiou' a torcida. A reação, porém, veio tarde. O time paulista ainda perdeu o norte-americano por estourar o limite de faltas e não conseguiu impedir que o Flamengo levantasse mais uma vez o troféu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Comissão sobre Escola sem Partido faz nova tentativa de votar relatório
POLÍTICA
Em encontro com Maia e Bolsonaro, governadores defendem votação de projetos para enfrentar crise
ECONOMIA
União já pagou este ano R$ 3,5 bi em dívidas atrasadas dos estados
TRÊS LAGOAS
Homem cai em golpe ao tentar comprar carro na internet
MATO GROSSO DO SUL
Edital para inserção de jovens no mercado de trabalho está aberto até dezembro
Processo visa a seleção de entidades que possam atuar, em parceria com a SED, no acompanhamento de estudantes, matriculados no ensino médio, para a atuação profissional.
TV
Samantha Schmütz celebra papel dramático em 'Carcereiros': 'Porta para o público me ver de uma maneira diferente'
CAPITAL
Motorista sem CNH fura sinal, foge da polícia e acaba preso dentro de casa
BRASIL
Defensoria Pública pede à Justiça manutenção de regras do Mais Médicos
FAMOSA
Susana Vieira abre o jogo sobre luta contra a leucemia: “Perguntei ao médico quando vou morrer”
CAPITAL
Mais de 20 acidentes foram registrados nesta madrugada em Campo Grande

Mais Lidas

DOURADOS
Bandido armado faz arrastão do Flórida ao Centro durante a noite
DOURADOS
Dupla desobedece ordem de parada, é perseguida e acaba presa em flagrante por porte de arma
CAMPO GRANDE
Homem se joga do 9° andar de hotel luxuoso na Capital
NOVA ALVORADA DO SUL
Acidente entre dois veículos termina com dois feridos e BR-163 interditada