Menu
Busca terça, 18 de junho de 2019
(67) 9860-3221
FUTEBOL

Fifa desiste de fazer Copa do Mundo do Catar com 48 seleções

22 maio 2019 - 21h05Por G 1

A Fifa desistiu de ampliar a Copa do Mundo, no Catar, com 48 seleções. O próximo Mundial, a ser disputada entre novembro e dezembro de 2022, terá os mesmos 32 participantes que as seis edições anteriores.

A informação foi publicada primeiro pelo jornal inglês "The Times" e confirmada em seguida pelo GloboEsporte.com. O inchaço da Copa do Mundo era um projeto do presidente da Fifa, Gianni Infantino. O Mundial terá 48 times a partir de 2026, ano em que será organizado por EUA, México e Canadá.

Questões políticas e de logística são os principais fatores para o presidente da entidade, Gianni Infantino, abandonar o projeto. O Catar está em uma grave crise política com vizinhos como Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita, as fronteiras com esses países inclusive estão fechadas. A Fifa, por sua vez, aponta que teve um longo e completo debate com o país-sede para tomar a decisão final de manter 32 equipes.

- O Catar sempre esteve aberto à ideia de um torneio expandido em 2022. Buscou-se um modelo operacional viável, e todas as partes envolvidas concluíram que uma edição expandida com 48 equipes seria do interesse do futebol e do Qatar como nação anfitriã. Uma análise conjunta, a este respeito, concluiu que, devido à fase avançada dos preparativos e à necessidade de uma avaliação detalhada do potencial impacto logístico no Catar, seria necessário mais tempo e uma decisão não poderia ser tomada antes do prazo de junho. Portanto, decidiu-se não prosseguir com esta opção - disse o Catar, em comunicado divulgado nesta quarta-feira.

Gianni Infantino era o maior entusiasta da Copa do Mundo com 48 seleções, havia a possibilidade de negociar com o Catar para que alguns jogos fossem realizados em outros países do Oriente Médio. Agora, a Fifa prepara o anúncio oficial sobre o Mundial de 2022 ter 32 seleções.

Em março, após encontro em Miami, dirigentes aprovaram que proposta da Copa do Catar com 48 seleções continuasse em pauta, a ideia era votar em junho. O aumento faria o Catar dividir torneio com países que o embargam politicamente. O país, por sua vez, evitava entrar em polêmica e informava que faria o melhor pelo futebol.

Apesar da confirmação da Copa do Mundo com 32 seleções em 2022, as eliminatórias para a competição não terão qualquer mudança, pois já seguiam o modelo adotado para a classificação do último Mundial, em 2018, na Rússia.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Em cenário paradisíaco, Letícia Lima brinca: "estou insuportável"
CAMPO GRANDE
Mãe procura rapaz de 21 anos que desapareceu no último sábado
UEMS
Estão abertas as inscrições para o Programa de Mobilidade Nacional
JUSTIÇA
Homem é condenado por esfaquear mulher e terá que pagar R$ 8 mil
TRÂNSITO
Mais de 233 mil veículos devem passar pela BR-163 no feriado
POLÍTICA
Cinco partidos de oposição anuncia obstrução à reforma da Previdência
DIA 24
Luiza Brunet será empossada embaixadora do Mãos EmPENHAdas
RURAL
Plano Safra terá R$ 225,59 bilhões em créditos para agricultores
CAMPO GRANDE
Mulher vai ao salão de beleza e quando sai encontra veículo incendiado
POLÍTICA
Senado aprova parecer que pede suspensão dos decretos das armas

Mais Lidas

AQUIDAUANA
Douradense desaparece nas águas do rio Aquidauana durante banho
PARAGUAI
Motim termina com 10 mortos e presos queimados e decapitados
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
MASSACRE EM SAN PEDRO
Ministro paraguaio promete expulsar membros do PCC após motim com 10 mortos