Menu
Busca quarta, 21 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
ESPORTE

Dupla decide outra vez contra Argentina e Time Brasil está na final do Zonal da Fed Cup

09 fevereiro 2019 - 11h15Por Confederação Brasileira de Tênis

 O Time Brasil venceu a Argentina por 2 a 1, em uma batalha épica no saibro do Club Campestre, em Medellín, na Colômbia, nesta sexta-feira, e se classificou para a decisão do Zonal Americano I da Fed Cup.

O adversário será o Paraguai, uma reedição da final de 2018, quando a equipe brasileira ficou com o vice-campeonato. O confronto, que decidirá uma vaga no Playoff para o Grupo Mundial, ocorrerá neste sábado, a partir das 13h (horário de Brasília).
 
Carolina Meligeni abriu mais uma vez a série e venceu Catalina Pella por duplo 6/4, em partida equilibrada de 1h37 de duração. Na sequência, Beatriz Haddad Maia acabou superada por Victoria Bosio, em outro duelo disputadíssimo, com parciais de 6/7(3), 7/5 e 7/6(4), após 2h54 de jogo.
 
Apesar do desgaste, Bia formou a parceria invicta com Luisa Stefani nas duplas para o duelo decisivo e venceu Pella e Jazmin Ortenzi por 7/5 e 6/3, após 1h13 de confronto. As argentinas chegaram a sacar em 5/3 para fechar o primeiro set, mas as brasileiras conseguiram duas quebras consecutivas e viraram a partida. No segundo set, conquistaram uma quebra logo no início e depois tiveram calma para fechar o confronto.
 
A capitã Roberta Burzagli comemorou o excelente resultado contra a Argentina e destacou o apoio da equipe como um diferencial para o triunfo. “O confronto de hoje foi bem disputado. A Carol jogou muito, taticamente e mentalmente, e conseguiu o primeiro ponto para o Brasil. No segundo jogo, a Bosio entrou sem nenhuma responsabilidade, jogou solta. A Bia ganhou o primeiro set, mas a Bosio cresceu no segundo set e ganhou no detalhe, no tie-break do terceiro set”, contou.
 
“Depois de meia hora tivemos que jogar a dupla e a Bia jogou muito bem. A Luisa também voleou muito. As duas jogaram muito bem juntas e conseguiram a vitória. A equipe toda estava incentivando elas. O Rafa Westrupp [presidente da CBT] e o Thomaz Koch também estavam aqui, dando força o tempo inteiro, então acho que isso foi um diferencial”, ressaltou.
 
Técnica da ITF há mais de 15 anos, Roberta Burzagli conhece bem as adversárias do Time Brasil na final, as paraguaias Veronica Cepede e Montserrat Gonzalez, que também enfrentaram a equipe brasileira no ano passado, em Assunção.
 
“Nós conhecemos bem a equipe do Paraguai. A Cepede e a Montserrat viajaram comigo na equipe da ITF quando juvenis. É uma equipe forte, perdemos delas ano passado, mas agora é a revanche. Vamos entrar com tudo, pensamento positivo. A gente vem de três vitórias, elas vem de duas, então, estamos mais confiantes. Será difícil, mas se mantivermos a mesma união e confiança, temos grandes possibilidades”, concluiu Burzagli. 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Polícia apreende carretas com droga estimada em 5 toneladas
MS
Paciente deverá receber atendimento domiciliar pelo SUS
CAMPO GRANDE
Justiça concede tutela antecipada para que Estado deixe de realizar obra no Parque dos Poderes
BRASIL
Parecer da previdência dos militares será apresentado em setembro
DOURADOS
Igreja forma nova turma de músicos e apresenta concerto
COSTA RICA
Polícia encontra armas na casa de empresário suspeito de violência doméstica
ALERTA
Saúde confirma casos de sarampo em mais 7 estados
SANGUE FRIO
MPF recorre de sentença que absolveu dois acusados em uma das ações
LOMBADAS
Detran-MS negocia dívida e pede rescisão de contrato com empresa de radares no Estado
ECONOMIA
Dólar fecha em queda após início de nova atuação do BC no câmbio

Mais Lidas

ESTUPRO
Homem é preso após dormir com a namorada de 11 anos
DOURADOS
Ladrão é preso acusado no furto de carro, R$ 30 mil em joias e eletrônicos
CAARAPÓ
Colisão frontal entre carretas deixa um morto na BR-163
POLÍCIA
Integrante de quadrilha especializada em roubo à famílias é apresentado pelo SIG