Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
BRASILEIRÃO

Corinthians e Galo entram em campo hoje para encerrar 21ª rodada

02 outubro 2019 - 12h50Por Da Redação

Corinthians e Atlético-MG entram em campo na noite desta quarta-feira (2/10) para cumprir jogos atrasados pelo Campeonato Brasileiro de Futebol. As duas equipes disputavam as semifinais da Copa Sul-americana na semana passada e tiveram os compromissos contra Chapecoense e Vasco, respectivamente, adiados. 

Os duelos ocorrem às 18h15 (MS) e são válidos pela 21ª rodada da competição nacional. 

Em Chapecó (SC), o alvinegro paulista tenta engatar a segunda vitória consecutiva e ‘colar’ no terceiro colocado, Santos. Já os donos da casa, lanternas do Brasileirão, tentam os três pontos para fugir da degola. 

Já no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG), o Atlético-MG, atual 10º colocado, busca subir na tabela de classificação, enquanto os cariocas visam se recuperar do revés no domingo passado para o Corinthians. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Apresentação de dança ajuda na construção do Hospital de Amor de Dourados
ECONOMIA
Setembro tem a maior criação de emprego para o mês desde 2013
NAVIRAÍ
Médico diz que ganha pouco, se recusa a atender grávida e acaba preso
JUSTIÇA
Banco deve encerrar financiamento estudantil e indenizar acadêmico
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta após dia de sobe e desce
ECONOMIA
Dourados é responsável por mais de um terço dos empregos criados no Estado em setembro
CONTRABANDO
Veículos abarrotados com quase meio milhão de maços de cigarros são apreendidos
FRONTEIRA
Pai e filho são presos por envolvimento em assassinato de idoso
SAÚDE PÚBLICA
Prazo para exames de diagnóstico de câncer pelo SUS em 30 dias é aprovado no Senado
CRISE NO PSL
Delegado Waldir permanecerá como líder do PSL na Câmara

Mais Lidas

DOURADOS
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus
POLÍCIA
Irmãos são detidos após polícia encontrar droga no Jardim Flórida
DOURADOS
UPA passa a atender apenas casos de urgência e emergência
EXPULSÃO
Chefão do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira