Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
(67) 99659-5905
BOXE

Capital sedia confrontos entre pugilistas na 'Noite das Estrelas'

09 novembro 2019 - 08h30Por Da Redação

A noite de sábado (9.11) será especial para o boxe de Mato Grosso do Sul. Campo Grande recebe o “Noite das Estrelas”, evento que reúne grandes nomes do pugilismo sul-mato-grossense e destaques de outros estados. Os combates acontecem no ginásio do Rádio Clube Campo, a partir das 19h.

Segundo a Federação de Boxe de Mato Grosso do Sul (FDBMS), ao todo serão 11 lutas, das quais oito serão de boxe olímpico e três profissionais.

A principal atração da noite será o embate entre o sul-mato-grossense Luís Cláudio “Punhos de Aço” e o campeão baiano Genival Santos, que será decidido em 10 rounds. O atleta de Mato Grosso do Sul coloca em disputa seu título de campeão brasileiro de boxe na categoria peso-pena (até 57,53 kg), façanha inédita para um pugilista do Estado.

De acordo com a FDBMS, em 13 anos de boxe amador, Punhos de Aço realizou cerca de 230 lutas amadoras e detém mais de 30 títulos de campeão. Na fase profissional, tem em seu currículo sete lutas e cinco vitórias. Seu oponente, da Bahia, é pugilista há 18 anos e tenta o primeiro título nacional.

Outra novidade da noite é Paulo Martins, de 20 anos, sensação do boxe estadual. A terceira luta de sua carreira profissional será diante do paulista Welton Campos, em combate de quatro rounds, pela categoria até 66,7 kg. O cuiabano Nathann Ramatif e o coxinense Cícero Miagui também se enfrentarão em quatro assaltos. O boxeador mato-grossense é tido como revelação em seu Estado nos últimos anos. Já o atleta de Coxim tem mais de 50 lutas de artes marciais mistas (MMA) no cartel e, atualmente, trilha o caminho do boxe profissional.

Para o presidente da FDBMS, Marcelo Nunes, o apoio da Fundesporte é fundamental para a organização de eventos de boxe no Estado, evidenciando a modalidade no cenário nacional. “Apesar das circunstâncias adversas da economia do país, o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, cria meios para conseguir ajudar as entidades esportivas e com o boxe não é diferente. Ele faz o possível e o impossível para tentar viabilizar recursos para a organização de competições e apoiar nossos atletas”.

“Por ter raízes no esporte, o Marcelo Miranda sente na pele a dificuldade que temos e, por isso, nos ajuda muito. Só tenho a agradecer à Fundesporte pelo auxílio na realização de mais este evento, que coloca em destaque o boxe do Estado”, finaliza Nunes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Ex-funcionário suspeito de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
LUTO
Martha Rocha, 1ª Miss Brasil, morre em Niterói, no Rio de Janeiro
PANDEMIA
Brasil chega a 1,6 milhão de casos confirmados de coronavírus
ECONOMIA
Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office
FUTEBOL
Fluminense e Botafogo empatam sem gols no Nilton Santos
PANDEMIA
Estado de São Paulo passa de 16 mil óbitos por coronavírus
JUSTIÇA
Blogueiro preso em Campo Grande tem prisão revogada por ministro do STF
REGIÃO
Carga de cerveja tombada é liberada para populares em Nova Andradina
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
NA CAPITAL
Polícia encontra mais de meia tonelada de maconha em caminhão de mudança

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
PANDEMIA
Mulher morre de covid-19 logo após dar à luz em Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
CAMPO GRANDE
Jovem que estava desaparecida é encontrada morta