Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
VÔLEI

Atletas de MS ficam com título geral feminino do Brasileiro Sub-21

07 outubro 2019 - 12h20Por Da Redação

O Circuito Brasileiro Sub-21 de 2019 terminou neste domingo (06.10), com a decisão da quarta e última etapa da temporada, em Manaus (AM), na arena montada na praia da Ponta Negra. As duplas Rafael/Renato (PB) e Vitoria/Maria Clara (RJ) ficaram com o título da etapa. A Paraíba terminou na primeira colocação geral – somando pontos das quatro etapas – do naipe masculino, enquanto o Mato Grosso do Sul ficou com o título geral no feminino.

Na decisão do torneio masculino, Rafael e Renato (PB), campeões mundiais Sub-21 neste ano, superara Matheus/André Danilo (SE) por 2 sets a 1 (21/10, 18/21, 15/12), em 55 minutos. Além do ouro da etapa manauara, a vitória valeu o título geral da temporada, já que os dois estados estavam empatados com 520 pontos no ranking geral.

A primeira colocação rende 200 pontos (20 a mais do que a prata) e comemoração dupla aos gêmeos paraibanos. A campanha de Rafael e Renato em Manaus (AM) contou com cinco vitórias em cinco jogos e apenas um set perdido.

A medalha de bronze em Manaus (AM) ficou com Eduardo e Gabriel (PR), que venceram Johann/Lippi (RJ) por 2 sets a 0 (21/15, 21/15), em 40 minutos, completando o pódio. O Paraná terminou na terceira colocação do ranking geral, com 660 pontos.

No naipe feminino, ouro para Vitoria/Maria Clara (RJ), que superaram na final Anna/Fernanda (BA) por 2 sets a 0 (21/17, 21/10), em 35 minutos.

O bronze na etapa ficou com Carol e Aninha (MS), vencendo Aline/Lorena (AM) por 2 sets a 0 (22/20, 21/16), em 56 minutos. O resultado deu o título geral para a dupla do Mato Grosso do Sul, que terminou as quatro etapas com 760 pontos. O Rio de Janeiro ficou em segundo, somando 680 pontos.

Maria Clara e Vitoria venceram os cinco jogos que disputaram, perdendo apenas um set em todo o final de semana em Manaus. Estreando no Sub-21, Maria Clara Richa, que também joga vôlei de quadra, comentou a alegria por vencer pela primeira vez, tendo menos de um ano na modalidade, e elogiou a parceira, campeã mundial de base neste ano.

“Estou muito feliz, é um desafio novo, todos os dias tenho que melhorar algo, evoluir algum aspecto. Nesta última etapa tive a Vitoria como parceira, ela é fora da curva, foi campeã mundial Sub-21 neste ano, me deu força o tempo todo. É jovem, mas tem experiência já por rodar o Circuito Brasileiro Open. Ano que vem ainda estou dentro da categoria, vou buscar crescer ainda mais. Fico feliz e vou trabalhar para alcançar voos maiores”, disse.

Assim como ocorre no Circuito Brasileiro de vôlei de praia Sub-17 e Sub-19, o Sub-21 é um campeonato de seleções estaduais, com duplas representando a mesma federação. Cada estado indica suas delegações nos dois gêneros em busca do título, podendo alterar os times durante a temporada, mas sempre formando duplas do mesmo estado.

Neste ano, no Circuito Brasileiro Sub-19, o Paraná ficou com título no naipe masculino, e Sergipe no naipe feminino. No Circuito Brasileiro Sub-17, novamente título para o Paraná no masculino, com o Rio de Janeiro vencendo no feminino.

A competição de base do vôlei de praia brasileiro revelou diversos atletas que foram campeões e posteriormente se tornariam olímpicos como Bruno Schmidt (DF), Pedro Solberg (RJ), Bárbara Seixas (RJ), Juliana (CE) e Maria Elisa (RJ).

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Apresentação de dança ajuda na construção do Hospital de Amor de Dourados
ECONOMIA
Setembro tem a maior criação de emprego para o mês desde 2013
NAVIRAÍ
Médico diz que ganha pouco, se recusa a atender grávida e acaba preso
JUSTIÇA
Banco deve encerrar financiamento estudantil e indenizar acadêmico
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta após dia de sobe e desce
ECONOMIA
Dourados é responsável por mais de um terço dos empregos criados no Estado em setembro
CONTRABANDO
Veículos abarrotados com quase meio milhão de maços de cigarros são apreendidos
FRONTEIRA
Pai e filho são presos por envolvimento em assassinato de idoso
SAÚDE PÚBLICA
Prazo para exames de diagnóstico de câncer pelo SUS em 30 dias é aprovado no Senado
CRISE NO PSL
Delegado Waldir permanecerá como líder do PSL na Câmara

Mais Lidas

DOURADOS
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus
POLÍCIA
Irmãos são detidos após polícia encontrar droga no Jardim Flórida
DOURADOS
UPA passa a atender apenas casos de urgência e emergência
EXPULSÃO
Chefão do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira