Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Embrapa realiza seminário sobre ferrugem da soja

14 janeiro 2004 - 16h35

Ameaçando o rendimento de diversas lavouras de Mato Grosso do Sul, a ferrugem da soja está levando o produtor a monitorar melhor sua propriedade e a procurar informação, cada vez mais, nas assistências técnicas. Como parte de suas atividades para o controle desta doença, a Embrapa Agropecuária Oeste, empresa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, realiza na próxima segunda-feira, dia 19 de janeiro, um seminário sobre ferrugem asiática, das 8 às 12 horas, em seu auditório, na cidade de Dourados.A programação inclui duas palestras e visita ao campo da unidade para identificação da ferrugem da soja. Segundo o pesquisador da área de Fitopatologia, Fernando de Assis Paiva, a Embrapa vem fornecendo recomendações aos produtores deste 2002, porém ainda existe dificuldade por parte dos mesmos em identificar a doença. "A maioria dos casos que chegam em nossa unidade é de doenças confundidas com a ferrugem da soja.Mesmo assim, recomendamos que continuem trazendo amostras no caso de qualquer sintoma, pois se a ferrugem for identificada no início, quando ainda se encontra nas folhas do terço inferior da planta, ela pode ser controlada e não causará qualquer dano no rendimento dos grãos", afirma o pesquisador.Os casos que chegaram na Embrapa identificaram, até o momento, 10 municípios sul-mato-grossenses com ferrugem asiática: Dourados, Ponta Porã, Jardim, Maracaju, Aral Moreira, Antônio João, Rio Brilhante, Sidrolândia, Caarapó e Laguna Carapã. O Dr. Paiva explica que existem duas espécies de ferrugem da soja: a asiática e a americana, sendo a primeira a maior causadora de perdas na produtividade. Ambas são causadas por fungo propagado pelo vento, não tendo como ser evitada, mas sim controlada.Para o controle da doença, a recomendação da Embrapa é que a semeadura seja feita o mais cedo possível no período de plantio indicado para a variedade, que o monitoramento seja constante e que a aplicação de fungicida seja providenciada ao se constatar que a ferrugem está progredindo em direção ao topo das plantas. Quando a lavoura estiver no estágio indicado para o controle das doenças de final de ciclo, usar fungicida indicado também para o controle da ferrugem, assim, com uma aplicação, o produtor controla os dois problemas.SeminárioA partir das 7h30min, os participantes do seminário podem se inscrever diretamente no auditório da Embrapa. As palestras programadas serão "Aspectos gerais da ferrugem asiática", com Fernando de Assis Paiva,  e "Metodologia de monitoramento da ferrugem asiática no campo", com Paulino José Melo Andrade, também pesquisador fitopatologista da Embrapa Agropecuária Oeste. Após essa exposição, o grupo visitará o campo daunidade para identificação da ferrugem.Não existe qualquer custo para participar do seminário. No local também serão feitas inscrições para os interessados em um evento posterior de capacitação, mais detalhado, para identificação da ferrugem da soja.Informações pelo telefone 67 425-5122 ou pelo e-mail sac@cpao.embrapa.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem agride gestante e é assassinado a pauladas em favela
CAMPO GRANDE
Imasul mantém fechado Parque das Nações e Unidades de Conservação Estaduais
PANDEMIA
Apenas Acre e Tocantins não registram mortes por Covid-19 no Brasil
NOVA ANDRADINA
Três homens são presos transportando drogas do MS para Belo Horizonte
PANDEMIA
Brasil ultrapassa marca de 10 mil casos de covid-19
NAVIRAÍ
Líderes religiosos se reúnem para pedir fé a população durante a pandemia
CAMPO GRANDE
PM realiza ações de prevenção ao COVID-19 com limpeza e desinfecção de pelotões
ECONOMIA
Programa para financiar salários de pequenas e médias empresas é criado e aguarda regulamentação
ÁGUA CLARA
Dois jovens são presos por infringir o toque de recolher em MS
CORUMBÁ
Operação de repatriação dos brasileiros vindos da Bolívia tem reforço de helicóptero em MS

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações
ISOLAMENTO
Em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo
CORONAVÍRUS
Durante fiscalização, Guarda prende nove pessoas e notifica 60 comércios em Dourados
SUMIÇO
Família procura por jovem que está desaparecida desde a última quarta-feira