Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Egressa da Unigran conquista vaga em mestrado com nota máxima

18 dezembro 2012 - 10h27



A ex-aluna do curso de Pedagogia e acadêmica de Letras pela Educação a Distância da UNIGRAN, Ronise Nunes Cius, participou do processo seletivo de Mestrado em Educação – História da Educação, Memória e Sociedade da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e garantiu sua vaga com nota 10. A futura mestre em Educação concorreu com 90 candidatos para sete vagas.

“Fui incentivada pela coordenadora de revisão de materiais didáticos - EAD da UNIGRAN, Andréia de Oliveira Iguma, a tentar uma vaga. E então fiz a inscrição, que eram vários documentos e um anteprojeto do que eu pretenderia desenvolver durante o mestrado. Depois da inscrição a UFGD comunicou sete temas que teríamos que estudar para a prova de seleção”, explica Ronise.

Os candidatos só souberam o tema que deveriam desenvolver no dia da prova. A pedagoga focou nos estudos e seu tema foi “Educação, perspectivas e temas atuais”. “Tivemos que desenvolver o tema na hora a partir de um dos temas que foi sorteado. Foi uma situação interessante, porque eu estava muito tranquila. Qualquer tema que caísse eu ia ter que conseguir desenvolver. Com o meu tema desenvolvi sete páginas”, informa a egressa.

Segundo Ronise, o desenvolvimento do tema não foi difícil, “como tenho uma visão panorâmica quando estudo, eu vim trazendo, então, desde a história, de quando surgiu o termo lá na Grécia antiga, e então o que era história, e o desenvolvimento da história. Fui afunilamento para a história da educação e só depois entrei nas perspectivas e temas atuais. E claro, sempre citando os autores estudados, fazendo a interlocução. Eu tinha muito claro em quem eu estava me baseando”.

O projeto que a pedagoga pretende realizar durante o mestrado ainda está com título provisório, que é “História dita, dita história”, mas a intenção é “investigar as instituições escolares. Focando na origem da educação infantil em Dourados. Sou douradense e fui atrás dessa história a partir da minha história, do porque que na década de 70 eu não ingressei na escola pré-primária. Como se deu esse atendimento à criança pequena nessa década em Dourados?”, questiona.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UFGD
Ex-ministro dos Direitos Humanos faz palestra dia 26 em Dourados
TRÊS LAGOAS
Homem é preso acusado de sequestrar secretária para roubar caminhonete
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para exames de proficiência em língua estrangeira
VÍNCULO AFETIVO
STJ garante direito de visita a animais de estimação após separação
CONCURSO
Comarca de Bonito selecionará estagiários de Administração
JUSTIÇA
Homem é condenado por fraudar assinatura da ex-mulher em cheques
FUTEBOL
Alberto Valentim deixa o Botafogo para dirigir time do Oriente Médio
ABIGEATO
Propriedades rurais são alvo de ladrões de gado em Nova Andradina
CAIXA DOIS
Fachin vota pela absolvição de Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo
ECONOMIA
Retiradas do PIS/Pasep batem recorde no primeiro dia de saque

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
DOURADOS
Dupla é presa por tentativa de homicídio contra vendedor de espetinhos
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito
ÁGATA DE AÇO II
Brigada de Dourados desloca 600 homens para atuar contra crimes fronteiriços