Menu
Busca quarta, 17 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Volume de vendas no varejo recua 0,3% de maio para junho

De acordo com o IBGE, o volume de vendas caiu 0,1% na média móvel trimestral

10 agosto 2018 - 09h53Por Agência Brasil

O volume de vendas do comércio varejista brasileiro caiu 0,3% em junho deste ano, na comparação com o mês anterior. É a segunda queda consecutiva do indicador, que já havia recuado 1,2% em maio. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada hoje (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o IBGE, o volume de vendas caiu 0,1% na média móvel trimestral, mas apresentou altas de 1,5% na comparação com junho de 2017, de 2,9% no acumulado do ano e de 3,6% no acumulado de 12 meses.

Na passagem de maio para junho, a queda foi provocada pelos setores de supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-3,5%), que interrompeu trajetória de dois meses em alta, e de combustíveis e lubrificantes (-1,9%), que registrou o segundo recuo seguido.

Os cinco dos oito segmentos do comércio varejista tiveram alta no período, com destaque para móveis e eletrodomésticos (4,6%), equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (4,1%).

Também cresceram os setores de outros artigos de uso pessoal e doméstico (2,6%), tecidos, vestuário e calçados (1,7%) e artigos farmacêuticos, médicos e de perfumaria (0,9%). O segmento de livros, jornais e papelaria manteve, em junho, o mesmo volume de vendas de maio.

O varejo ampliado, que inclui também os segmentos de veículos, motos e peças e de materiais de construção, cresceu 2,5% de maio para junho, devido a altas de 16% no setor de veículos e de 11,6% nos materiais de construção. O setor também cresceu na comparação com junho de 2017 (3,7%), no acumulado do ano (5,8%) e no acumulado de 12 meses (6,7%).

A receita nominal do comércio varejista apresentou alta 0,6% na comparação com maio, de 5,4% na comparação com junho de 2017, de 4,1% no acumulado do ano e de 3,4% no acumulado de 12 meses.

A receita nominal do varejo ampliado também avançou nos quatro tipos de comparação: 3,4% em relação a maio, 6,7% em relação a junho do ano passado, 6,6% no acumulado do ano e 6,1% no acumulado de 12 meses.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOLIDARIEDADE
Evento cross training em Dourados arrecada alimentos para creche André Luiz
ELEIÇÕES 2018
TSE reúne equipes de Bolsonaro e Haddad para discutir fake news
ELEIÇÕES 2018
Eleitor que tiver problema no ato de votar deverá apresentar queixa de imediato a mesário
FLAGRANTE
Polícia apreende carreta com sinais de adulteração na BR-163
BRASIL
Atividade econômica registra terceiro mês seguido de crescimento
CAMPO DOURADO
Prestador de serviços tem cones furtados durante o trabalho
FRONTEIRA
Contratação de comissionados leva MPE a investigar prefeitura de Coronel Sapucaia
DPVAT
Campo Grande é a oitava Capital com trânsito mais violento
DOURADOS
Dupla armada ameaça e rouba amigos na Vila Maxwell
AÇÃO
Ex-prefeito da Capital tem R$ 16 milhões bloqueados pela Justiça

Mais Lidas

DOIS DIAS DEPOIS
Servidora pública é encontrada nos fundos de residência que estava para alugar
DOURADOS
Cinco anos após crime, acusados pela morte de vendedor douradense vão a júri popular
DOURADOS
Familiares continuam na busca por mulher desaparecida e criticam falsos alertas
FLAGRANTE
Polícia fecha “distribuidora” de drogas em Dourados