Menu
Busca quarta, 21 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018

Verbas retidas prejudicaram economia, analisa Assomasul

04 dezembro 2003 - 16h46

A não liberação de verbas orçamentárias pelo governo federal prejudicou a economia dos municípios, segundo o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o prefeito de Amambai Dirceu Lanzarini (PL). Conforme ele, as verbas de emendas normalmente são para obras e geram empregos, consumo e, conseqüentemente, movimentação nas finanças dos municípios.Neste ano, segundo Lanzarini, a União não liberou verbas do orçamento para nenhuma prefeitura do Estado, situação que contribui para a falta de dinheiro das administrações municipais. A redução no repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) foi um agravante. Conforme Lanzarini, em alguns casos já havia até contrato assinado com a Caixa Econômica para o repasse de verba orçamentária. Em algumas situações, cita, prefeitos assumiram gastos previstos em emendas e acabaram não tendo a verba da União.Lanzarini disse desconhecer se houve alguma administração petista que conseguiu receber verba. O prefeito de Campo Grande, André Puccinelli (PMDB), não acusa a União de critério político mas sempre compara a situação da Capital à de Aracajú (SE) e Goiânia (GO), que são administradas por petistas e conseguiram verbas. O presidente da Assomasul comentou que em sete anos de administração não tinha passado por retenção de verba como neste ano. Já seriam R$ 6 milhões que Amambai deixou de receber, informou. “É lamentável a postura”, afirmou.Ele critica o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tinha prometido atender as prefeituras com recursos e não cumpriu, argumenta. Mesmo descontente, Lanzarini disse que ainda há expectativa de recebimento de verbas do orçamento de 2003. “Esperança é a última que morre”.Números do governo federal apontam que há R$ 152 milhões no orçamento da União para Mato Grosso do Sul, incluindo emendas das prefeituras e do governo estadual.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REPERCUSSÃO
Presidente da Fiems diz que governo adia problema ao retirar da pauta a Reforma da Previdência
COPA VERDE
No MT, Corumbaense tenta reverter confronto contra Luverdense
DOURADOS
MP questiona demora no conserto de aparelho; prefeitura diz estar funcionando
CALAMIDADE
Azambuja discute com União recuperação dos estragos causados pelas chuvas
PECUÁRIA
OIE declara Brasil livre da febre aftosa com vacinação
ESTADUAL
Após confusão com gandula, Operário volta a campo pelo Estadual
LEGISLATIVO
Quatro projetos estão pautados para votação nesta quarta-feira
ENCONTRO
Prefeita Délia recebe representante de políticas LGBT no Estado
RECURSOS
Congresso aprova crédito especial de R$ 2 bilhões aos municípios
DOURADOS
Homem é preso portando arma com numeração adulterada

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL
Bombeiros farão buscas por mulher que se recusou a entrar em casa
FRONTEIRA
Assaltante morre após trocar tiros com a polícia
DOURADOS
“Chorei muito, perdi o pouco que tinha”, diz pedreiro após incêndio em barraco
DOURADOS
Igreja é arrombada e ladrão leva eletrônicos equipamentos de som