Menu
Busca terça, 21 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
ESPORTES

Terminam nesta 3º-feira as inscrições para o bolsa Atleta e bolsa Técnico

26 setembro 2017 - 08h25

Os destaques esportivos de Mato Grosso do Sul podem se candidatar a receber um auxílio financeiro, durante 12 meses até esta terça-feira, dia 26 de setembro. As inscrições que começaram no dia 6 de setembro terminam amanhã para as bolsas Atleta e Técnico estaduais.

São oferecidas 100 bolsas-atletas estudantis (R$ 350,00) e 50 bolsas-atletas nacionais (R$ 800,00). A estudantil é direcionada a alunos-atletas, com idade entre 12 e 17 anos, que se destacam em competições estudantis nacionais e internacionais. O principal objetivo é dar uma ajuda de custo mensal para manter o talento escolar treinando e participando das competições. A bolsa-atleta nacional é destinada aos talentos esportivos que brilham em campeonatos nacionais e internacionais. A intenção é oferecer um auxílio financeiro mensal para que o atleta, com idade mínima de 14 anos, não abandone o esporte e possa continuar se dedicando a representar Mato Grosso do Sul.

A novidade na categoria fica por conta da bolsa Pódio Complementar (R$ 800,00), destinada a 20 atletas que já recebem bolsa Federal.

Cada tipo de bolsa tem critérios específicos de concessão que devem ser necessariamente preenchidos para que o candidato possa receber o auxílio mensal. Em comum, a exigência de nacionalidade brasileira, de residir em Mato Grosso do Sul, estar em plena atividade esportiva, ter resultados expressivos em suas modalidades, não ser suspenso ou sofrer sanções disciplinares.

Outra inovação é a bolsa Técnico. Único Estado do Brasil a oferecer auxílio financeiro ao professor formador e treinador dos atletas, MS disponibiliza 10 bolsas técnico nível I (R$ 500) e 10 nivel II (R$ 750). No I, são contemplados técnicos em nível escolar, responsáveis pelos alunos-atletas habilitados a receber a bolsa-atleta estudantil. A nível II beneficia os técnicos dos atletas de ponta, aptos a receber as bolsas pelo desempenho em competições nacionais e internacionais.

Para concorrerem, os técnicos precisam, entre outras exigências, estar em plena atividade há pelo menos três anos, serem brasileiros, residirem no Mato Grosso do Sul, terem obtidos bons resultados em competições oficiais e serem profissionais de Educação Física devidamente inscritos no Conselho Regional.

Atletas e técnicos de modalidades olímpicas, não-olímpicas, paralímpicas e não-paralímpicas poderão se candidatar. As bolsas têm duração de 12 meses e não há renovação. Uma nova seleção é feita considerando os resultados do ano anterior ao pedido e aferindo os requisitos no momento da inscrição.

A lei ainda prevê a suspensão e o cancelamento da bolsa em casos de má conduta dos contemplados como falsidade documental, suspensão por indisciplina, declaração falsa ou quando deixam de cumprir os requisitos durante o recebimento do benefício como mudança do Estado e abandono da prática esportiva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Bombeiro que salvou bebê de morrer engasgado é homenageado
ECONOMIA
Inadimplência do consumidor atinge 61,6 milhões no país
CONTRABANDO
Polícia flagra caminhonete com meia tonelada de agrotóxico chinês
É LEI
Multas de trânsito já podem ser parceladas com cartão de crédito
BANDIDAGEM
Ladrões furtam mais duas motos em Dourados
SELETIVA PARA COPA SP
Federação ajusta última rodada do Estadual Sub-19
BRASIL
Morre aos 61 anos o jornalista Otavio Frias Filho
PONTA PORÃ
Homem tenta incendiar a casa da ex-sogra para se vingar
DOURADOS
Jovens são detidos após furto de três barras de chocolate
LEVANTAMENTO
Eleições 2018: 75% dos deputados federais devem se reeleger

Mais Lidas

BRUTALIDADE
Estudante de medicina brasileira é assassinada na fronteira
DOURADOS
Homem acorda na madrugada e dá “de cara” com ladrão dentro de casa
CRIME BÁRBARO
Estudante assassinada no Paraguai é filha de ex-prefeito no MT
DOURADOS
Parque volta a ser alvo de vândalos e secretário diz que ação é "orquestrada e criminosa"