Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Remédios movimentarão U$ 57,3 bi no Brasil em 2020, diz consultoria

27 dezembro 2012 - 10h17



Um estudo divulgado pela consultoria PwC nesta quarta-feira aponta que a demanda por remédios deve movimentar US$ 57,3 bilhões no Brasil em 2020. O valor é mais que o dobro do verificado em 2011, quando o mercado do setor movimentou US$ 25,6 bilhões.

De acordo com a consultoria, as empresas farmacêuticas que operam no Brasil se beneficiarão nos próximos anos de custos de trabalho menores e de aumento dos valores de negociações. Além disso, o governo deu isenção fiscal a alguns setores, e aumentou tarifas de importação de alguns insumos.

Os genéricos irão dominar o mercado brasileiro. "Em 2020, a receita adicional esperada de produtos patenteados será muito menor que a receita de genéricos. No Brasil, U$ 8,8 bilhões virão de produtos patenteados, enquanto U$ 16,4 bilhões de genéricos, quando comparados com dados de 2011", afirma em nota Eliane Kihara, sócia da PwC Brasil e líder de Health Services.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UFGD
Ex-ministro dos Direitos Humanos faz palestra dia 26 em Dourados
TRÊS LAGOAS
Homem é preso acusado de sequestrar secretária para roubar caminhonete
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para exames de proficiência em língua estrangeira
VÍNCULO AFETIVO
STJ garante direito de visita a animais de estimação após separação
CONCURSO
Comarca de Bonito selecionará estagiários de Administração
JUSTIÇA
Homem é condenado por fraudar assinatura da ex-mulher em cheques
FUTEBOL
Alberto Valentim deixa o Botafogo para dirigir time do Oriente Médio
ABIGEATO
Propriedades rurais são alvo de ladrões de gado em Nova Andradina
CAIXA DOIS
Fachin vota pela absolvição de Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo
ECONOMIA
Retiradas do PIS/Pasep batem recorde no primeiro dia de saque

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
DOURADOS
Dupla é presa por tentativa de homicídio contra vendedor de espetinhos
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito
ÁGATA DE AÇO II
Brigada de Dourados desloca 600 homens para atuar contra crimes fronteiriços