Menu
Busca Quinta, 19 de Outubro de 2017
(67) 9860-3221
Maximos
PROVAS

Publicado ensalamento do VIII Concurso de Servidores do TJ/MS

12 Outubro 2017 - 09h10Por Da Redação

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) torna público, por meio do Edital nº 12, o horário da prova, o ensalamento geral e individual do VIII Concurso Público de Provas para a Estrutura Funcional do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul. O ensalamento individual está disponível no Ambiente do Candidato em “Mensagens e comunicados oficiais” e o ensalamento geral pode ser acessado no link http://pucpr.br/concursos/tjms/2017e01/ensalamento.php.

Para o cargo de Analista Judiciário – área fim (Bacharel em Direito), a prova será realizada no dia 29 de outubro, das 14h30 às 18h30. As portas de acesso aos prédios onde serão realizadas as provas serão abertas às 13h30 e fechadas às 14h10. As provas para o cargo de Analista Judiciário – área fim serão aplicadas nas universidades Uniderp e UCDB, situadas na  Rua Ceará, nº 333, e na Avenida Tamandaré, nº 6000, respectivamente.
 
Para os cargos de Analista Judiciário/área meio (Curso Superior Completo) e Técnico de Nível Superior, a prova será realizada no dia 29 de outubro, das 8 às 11 horas. As portas de acesso aos prédios onde serão realizadas as provas serão abertas às 7 horas e fechadas às 7h40.

As provas para o cargo de Analista Judiciário/área meio (Curso Superior Completo) serão aplicadas na Uniderp e para o cargo de Técnico de Nível Superior nas universidades Uniderp e UCDB.

Os candidatos que chegarem após o horário de fechamento das portas de acesso aos prédios terão suas entradas vedadas e serão automaticamente eliminados do Concurso Público. A critério da Comissão de Concurso poderá ser prorrogado o horário de fechamento das portas de acesso de um ou mais locais onde serão realizadas as provas, em razão de fatores externos relevantes.

Durante a realização das provas não será permitida nenhuma espécie de consulta, nem uso de máquina calculadora, relógios (de qualquer natureza), telefone celular, aparelhos eletrônicos e outros equipamentos/materiais de porte proibido por edital.

Saiba mais

O certame visa formar cadastro de reserva para futuro e eventual provimento na estrutura funcional do  Judiciário de MS, no curso do prazo de validade do Concurso, à medida do interesse e conveniência da Administração. O cadastro de reserva será formado para os cargos de Analista Judiciário – Bacharel em Direito, Analista Judiciário – Curso Superior Completo, e Técnico de Nível Superior, nas seguintes especialidades: Engenheiro Civil, Contabilidade, Jornalista, Serviço Social, Analista de Governança, Biblioteconomia, Psicologia, Analista de Suporte de TI, Odontologia, Analista de Sistemas, Analista de Infraestrutura de Rede, Arquiteto, Analista de Banco de Dados, Engenheiro Eletricista, Analista de Segurança de TI, Web Designer, Estatística e Psiquiatria.

De acordo com levantamento da Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR, são 22.814 inscritos para os 20 cargos oferecidos no certame. Os cargos com o maior número de inscritos são os de Analista Judiciário – Bacharel em Direito, com 10.679 inscrições, e Analista Judiciário – Curso Superior Completo, com 4.837.

Para o cargo de Analista Judiciário

Bacharel em Direito, o caderno de provas consistirá de 60 questões objetivas, contendo cinco alternativas, com apenas uma correta, sendo 20 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos. Para os demais cargos, serão 20 questões de  Conhecimentos Gerais e 20 de Conhecimentos Específicos.

A prova objetiva será de caráter eliminatório e classificatório. Serão considerados aprovados na prova objetiva os candidatos que obtiverem o mínimo de 50% de aproveitamento do total de pontos nas questões de Conhecimentos Específicos e, no mínimo, 50% de aproveitamento no total de pontos da prova objetiva, além de outros casos previstos no Edital. O resultado final do Concurso será homologado pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul e publicado no Diário da Justiça.

Os candidatos aprovados formarão cadastro reserva, para efeitos de futura e eventual nomeação, considerando o quantitativo-limite de classificados, nos termos do que estabelece o Anexo I do Edital de Abertura. A classificação final dos candidatos aprovados terá por base o total de pontos obtidos na prova objetiva.

O concurso terá validade de 2 anos, a contar da data da publicação oficial da homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul.

As vagas surgidas, no curso de validade do concurso, em decorrência do desligamento do titular do Quadro de Pessoal do Poder Judiciário por motivo de aposentadoria, exoneração e óbito, demissão ou remoção, serão providas por servidor do quadro de pessoal do Poder Judiciário, por meio de remoção, na forma da Norma Estatutária; e por candidatos habilitados neste Concurso.

As informações sobre atribuições do cargo e remuneração, conteúdo programático, recursos, homologação, nomeação e disposições gerais estão todos contidos no Edital de abertura do concurso.

Contato

Qualquer dúvida acerca das regras do concurso, o candidato deve contatar o Serviço de Atendimento ao Candidato do Núcleo de Processos Seletivos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, de segunda a sexta-feira, úteis, das 10 às 17 horas (horário de Brasília) pelo endereço eletrônico tjms@pucpr.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FLORESTINHA
Mais de 500 mudas nativas são plantadas para recuperação de 23 hectares de área
CAPITAL
Mãe e filhos são presos com maconha e skunk em casa
CAMPANHA
Campanha Compartilhe o Natal reúne parceiros e espera arrecadar 10 mil brinquedos
TRIBUNAL
Negado recurso sobre apólice de incêndio ocorrido em 2012
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta sobre o real, em mais um dia de cautela
BRASIL
STJ manda soltar Carlos Arthur Nuzman, ex-presidente do COB
DOURADOS
Délia recebe relatório de auditoria na Educação e diz que terá mais respaldo para medidas severas
FEDERAL
Inscrições para o Vestibular da UFGD encerram amanhã
ABASTECIMENTO
Falta de energia deixa distritos de Dourados sem distribuição de água
BRASIL
Governo autoriza criação de 1,9 mil novas vagas de trabalho em universidades federais

Mais Lidas

BATAYPORÃ
Carta deixada por pai que matou filha não tem relação com o crime
VENTO E TERRA
Ventos e ‘tempestade de terra’ deixa douradenses em estado de atenção
ESTRELA PORÃ
Pai é suspeito de ter estuprado a filha em Dourados
DOURADOS
Juiz manda prefeitura exonerar temporários e convocar aprovados em concurso