Menu
Busca terça, 11 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
MAIS PRAZO

Prazo de adesão ao Refis será prorrogado até 14 de novembro, diz Meirelles

31 outubro 2017 - 06h13Por G 1

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta segunda-feira, dia 30 de outubro, em São Paulo que, após conversa com o presidente Michel Temer, foi decidida a prorrogação para 14 de novembro do prazo de adesão ao Refis, programa de parcelamento de tributos com o governo federal. Sem a decisão, o prazo terminaria nesta terça-feira (31).

Mais cedo, em Brasília, o ministro reafirmou que a expectativa é de que a arrecadação líquida do governo com o novo Refis fique próxima de R$ 7 bilhões neste ano. No começo do ano, o governo estimou arrecadar R$ 13,3 bilhões com o parcelamento de tributos. Com alterações da proposta no Congresso, a previsão de receita caiu para R$ 8,8 bilhões.

O presidente Michel Temer sancionou o texto do Refis na última quarta-feira (25), no mesmo dia em que a Câmara analisou a segunda denúncia contra ele, que acabou barrada. O presidente também editou decreto que inclui 13 aeroportos no programa de desestatização. A lista, porém, deixou de fora Congonhas, em São Paulo.

O Refis, que dá desconto a empresas no refinanciamento de suas dívidas com a União, e a exclusão de Congonhas do programa de privatizações, foram usados como moeda de troca na votação desta segunda denúncia. Segundo o blog do Valdo Cruz, deputados governistas ameaçavam não comparecer à sessão de votação da segunda denúncia contra Temer, na última quarta-feira, caso a sanção da lei do Refis não fosse publicada antes.

O Refis foi negociado durante meses entre governo e parlamentares. O texto original da MP foi encaminhado para a Câmara, onde as regras foram modificadas, diminuindo a arrecadação do governo.
A mudança fez com que o Planalto enviasse um novo texto e, novamente, os deputados e a equipe econômica tentaram buscar consenso. Por fim, a Casa Civil acertou com os líderes uma proposta mais generosa do que a original.

Terão o direito de aderir ao programa pessoas físicas e jurídicas, de direito público ou privado, inclusive aquelas que se encontram em recuperação judicial. Poderão ser refinanciadas as dívidas vencidas até 30 de abril de 2017.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COOPERATIVISMO
Sicredi encerra campanha institucional de 2018 com filmes sobre Natal e Ano Novo
MANDATO TAMPÃO
Prefeito e vice de Caarapó serão diplomados e empossados nesta terça
PROVAS
Enem será reaplicado hoje e amanhã para 2,7 mil estudantes
FRONTEIRA
Polícia paraguaia prende mulher brasileira que abandonou recém-nascido
DOURADOS
Formandos de Gastronomia da Unigran inovam e criam gastrobar para o TCC
DOURADOS
Mais de 23 mil famílias já retiraram o kit distribuído pela Seja Digital
DOURADOS
Menor é apreendida na rodoviária com 16kg de maconha
ESTADO
Governador faz entregas de R$ 36 milhões em obras da MS-178 e habitação em Bonito
RURAL
IBGE estima queda de 5,5% na safra de grãos deste ano
DOURADOS
Votação da Lei Orçamentária Anual é adiada, mas deve ocorrer ainda esta semana

Mais Lidas

DOURADOS
Criança morre no HV três dias após ser atropelada na Cachoeirinha
PREGÃO
Vereadora presa desde outubro tenta retomar cargo na Câmara de Dourados
CHAPADÃO DO SUL
Avião agrícola cai e mata piloto em cidade de MS
DOURADOS
Criança morta após acidente de trânsito teve órgãos levados para SP e Campo Grande