Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Pleno do TCE/MS aprova 75 prestações de contas nesta quarta-feira

13 dezembro 2012 - 08h40

Nesta quarta-feira, dia 12 de dezembro, na última sessão do Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul (TCE/MS) de 2012, o presidente Cícero Antônio de Souza e os conselheiros José Ancelmo dos Santos, José Ricardo Pereira Cabral, Iran Coelho, Waldir Neves, Ronaldo Chadid e Marisa Serrano, acompanhados do Procurador Geral de Contas José Aêdo Camilo, julgaram 84 processos, sendo 75 considerados regulares e aprovados e 10 rejeitados pelos conselheiros.

O conselheiro Iran Coelho relatou 19 processos e manifestou voto favorável à aprovação de 18 prestações de contas, entre elas está o balanço geral referente ao exercício 2010 da Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste, conforme voto ao processo de nº 3770/2011. Apenas o processo de nº 19900/2005, foi julgado irregular. E por determinação do conselheiro Iran Coelho, a prefeita do município de Coxim, Dinalva Garcia Lemos de Morais, recebeu multa de 30 Uferms – equivalente a R$ 522,60, pelo descumprimento da Decisão Simples nº 01/0302/2006, que responsabilizou a gestora pelas irregularidades constatadas na inspeção ordinária realizada no período de 01/01/2003 a 31/12/2003, no Fundo Municipal de Saúde daquele Município.

O conselheiro José Ancelmo dos Santos apresentou relatório voto a 12 processos, sendo 11 considerados regulares e aprovados. Dentre eles está o processo de nº 04722/2012, que trata do balanço geral da Prefeitura Municipal de Naviraí, e o processo de nº 18023/2012, relacionado à prestação de contas no Ministério Público Estadual (PGJ), ambos referentes ao exercício 2011.

Outros 15 processos foram julgados pelo conselheiro José Ricardo Pereira Cabral, sendo 14 considerados regulares e aprovados. Dentre eles estão os balanços gerais referentes ao exercício de 2010, realizados no Fundo de Previdência Social dos Servidores Municipais de Corumbá, conforme processo de nº 2901/2011; e no Fundo de Saúde de Aquidauana, como consta no processo de nº 3716/2011.

O conselheiro Waldir Neves manifestou votos pela regularidade das prestações de contas do Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Sidrolândia (processo 3880/2011), e do Fundo Municipal de Investimentos Sociais de Douradina (processo nº 03598/2012).

Do total de 22 processos analisados pela conselheira Marisa Serrano, 20 receberam parecer favorável à aprovação, dentre eles estão às prestações de contas, referentes ao exercício de 2011, das Prefeituras dos Municípios de Inocência e de Três Lagoas, conforme processos de nº 04028/2012 e de nº 03555/2012, respectivamente.

Em razão de diversas irregularidades constatadas, a conselheira Marisa Serrano Julgou irregulares as prestações de contas do Fundo de Previdência Própria do Município de Inocência (processo de nº3538/2011); e do Fundo Municipal de Assistência Social de Aquidauana (processo de nº 2226/2010). Foram responsabilizados respectivamente o diretor do Fundo Municipal de Previdência de Inocência, Jairo Campo da Silva, e o Prefeito do Município de Aquidauana, Fauzi Suleiman. Os gestores receberam multas equivalentes a 100 Uferms (R$ 1.742,00), cada, e terão prazo de 60 dias para efetuar o recolhimento junto ao FUNTC.

O conselheiro Ronaldo Chadid relatou 15 processos e manifestou voto favorável à aprovação de 11 prestações de contas, dentre elas a da Prefeitura Municipal de Porto Murtinho, conforme processo de nº 3246/2011.

O conselheiro aplicou multa de 150 Uferms (R$2.613,00) à secretária municipal, Mirian de Sena Almeida, devido a irregularidades constatadas na prestação de contas, referente ao exercício de 2010, do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação de Sete Quedas – Fundeb de Sete Quedas, conforme voto ao processo de nº 3652/2011.

Após publicação no Diário Oficial Eletrônico do TCE/MS, os gestores dos respectivos órgãos jurisdicionados poderão entrar com recurso ordinário e/ou pedido de revisão, conforme os casos apontados nos processos.


Deixe seu Comentário

Leia Também

REAJUSTE
Petrobras eleva em 1,12% preço da gasolina nas refinarias
JUSTIÇA
Nova diretoria da Amamsul será empossada na próxima sexta-feira
EDUCAÇÃO
UEMS divulga versão preliminar do Projeto Pedagógico Institucional
JUROS
Copom mantém taxa Selic em 6,5% ao ano pela sexta vez seguida
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda com alívio das tensões comerciais no exterior
GOIÁS
MP pede prisão de João de Deus após denúncias de abuso sexual
CLIMA
Ventania levanta "nuvem de poeira" em Dourados
BRASIL
Temer sanciona lei que destina verba de loterias para segurança
ENCONTRO
Reinaldo entrega documento a Moro com 21 propostas para segurança do País
ASSEMBLEIA
Deputado propõe frente para proteção das unidades de conservação ambientais de MS

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto