Menu
Busca domingo, 18 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
ESTUDO

Pesquisa revela que hotéis de Dourados são “tímidos” na internet

02 junho 2015 - 09h20

Uma forma de potencializar a visibilidade das empresas é por meio dos recursos da internet – sites, redes sociais, publicidades -, contudo um pesquisador da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) diagnosticou que em Dourados o setor hoteleiro ainda é “tímido” nos meios digitais.

De acordo com o acadêmico do curso de Turismo com Ênfase em Ambientes Naturais Bruno de Souza Lima, autor da pesquisa “O uso da internet na venda e divulgação dos produtos e serviços de hospedagem: o caso de Dourados/MS”, orientado pela professora Dores Cristina Grechi, os resultados obtidos mostraram que o setor hoteleiro de Dourados caminha a “passos lentos” no que diz respeito ao uso da internet na divulgação e venda de seus produtos e serviços, demonstrando que ainda é pouco valorizado o planejamento e gestão quanto ao marketing online.

“Os dados colhidos através dos questionários apontaram que o setor hoteleiro de Dourados age muito timidamente diante de tal tendência, visto que a grande maioria dos hotéis não explora individualmente cada uma das ferramentas, tais como as redes sociais, sites de vídeos como o Youtube e de aplicativos para smartphones, o que configurou o uso apenas superficial da internet”, explicou o acadêmico.

No questionário da pesquisa, aplicado em 23 dos 28 hotéis de Dourados, foi observado o “engessamento” digital neles, uma vez que ainda se prendem apenas ao uso do site do hotel e do contato por email. O uso das OTAS (Online travel agencies) - que são sites especializados em vender serviços hoteleiros - aparecem de maneira rudimentar na divulgação dos hotéis.

Dentre as redes sociais foram citadas em alguns hotéis como sendo as responsáveis pelas relações do hotel na internet destacam-se Facebook (35%), Skype/Msn (35%), Google + (22%) e Twitter (9%). Além das redes sociais, outras ferramentas foram apontadas pelos hotéis na relação com a internet. Essas alternativas citadas são: 48% divulgação em sites de busca, 35% anúncios em outros sites, 30% envio de emails promocionais, 30% venda por meio das OTAS, e 13% patrocínios em sites.

“Percebe-se que os hotéis não obtêm melhores resultados em suas vendas e promoção por meio da internet em função de que falta conhecimento por parte da maioria dos hoteleiros no que compete a criação de estratégias e a uma gestão mais eficiente no que tange ao marketing e as vendas na internet”, revelou a pesquisa.

A pesquisa relata que o uso correto da internet no setor de turismo produz um resultado positivo como instrumento de marketing, uma vez que algumas características criam um vínculo muito forte com a internet, como por exemplo, o fato do turismo ser basicamente “internacional”. E ressalta que mesmo em ocasiões onde a internacionalidade não se aplique, a distância já se torna uma motivação para se considerar a integração entre turismo e internet.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Maísa Silva, de 16 anos, posta foto de biquíni e rebate assediador: "Nojento"
COSTA RICA
Serralheiro é preso sob suspeita de abusar criança de 5 anos em quitinete
OPORTUNIDADE
De máquina de escrever a estante, leilão oferta 12 lotes a partir de R$ 100
POLÍTICA
Bolsonaro sai em defesa de Tereza Cristina: ela tem nossa confiança
CAMPO GRANDE
Homem que se jogou do nono andar de hotel passa por cirurgia no braço
CONCURSOS
Ao menos 13 órgãos abrem inscrições nesta segunda para 1300 vagas
CAMPO GRANDE
Corpo carbonizado é encontrado dentro de carro destruído pelo fogo
CONCURSO
Itaporanense conquista o título de Mister Personalidade de Las Américas
IGUATEMI
Mulher contratada por presidiário é presa com explosivos na MS-295
EMPREGO
Idosos no mercado de trabalho é recorde, mas sem carteira assinada

Mais Lidas

TEMPORAL
Fortes ventos derrubam mais de 30 árvores e deixa rastro de destruição em Dourados
DOURADOS
Bandido armado faz arrastão do Flórida ao Centro durante a noite
FACADAS
Traficante brasileiro mata namorada dentro de cela no Paraguai
TEMPORAL
Ventos fortes derrubam árvores em Dourados