Menu
Busca quarta, 26 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
ESTUDO

Pesquisa revela que hotéis de Dourados são “tímidos” na internet

02 junho 2015 - 09h20

Uma forma de potencializar a visibilidade das empresas é por meio dos recursos da internet – sites, redes sociais, publicidades -, contudo um pesquisador da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) diagnosticou que em Dourados o setor hoteleiro ainda é “tímido” nos meios digitais.

De acordo com o acadêmico do curso de Turismo com Ênfase em Ambientes Naturais Bruno de Souza Lima, autor da pesquisa “O uso da internet na venda e divulgação dos produtos e serviços de hospedagem: o caso de Dourados/MS”, orientado pela professora Dores Cristina Grechi, os resultados obtidos mostraram que o setor hoteleiro de Dourados caminha a “passos lentos” no que diz respeito ao uso da internet na divulgação e venda de seus produtos e serviços, demonstrando que ainda é pouco valorizado o planejamento e gestão quanto ao marketing online.

“Os dados colhidos através dos questionários apontaram que o setor hoteleiro de Dourados age muito timidamente diante de tal tendência, visto que a grande maioria dos hotéis não explora individualmente cada uma das ferramentas, tais como as redes sociais, sites de vídeos como o Youtube e de aplicativos para smartphones, o que configurou o uso apenas superficial da internet”, explicou o acadêmico.

No questionário da pesquisa, aplicado em 23 dos 28 hotéis de Dourados, foi observado o “engessamento” digital neles, uma vez que ainda se prendem apenas ao uso do site do hotel e do contato por email. O uso das OTAS (Online travel agencies) - que são sites especializados em vender serviços hoteleiros - aparecem de maneira rudimentar na divulgação dos hotéis.

Dentre as redes sociais foram citadas em alguns hotéis como sendo as responsáveis pelas relações do hotel na internet destacam-se Facebook (35%), Skype/Msn (35%), Google + (22%) e Twitter (9%). Além das redes sociais, outras ferramentas foram apontadas pelos hotéis na relação com a internet. Essas alternativas citadas são: 48% divulgação em sites de busca, 35% anúncios em outros sites, 30% envio de emails promocionais, 30% venda por meio das OTAS, e 13% patrocínios em sites.

“Percebe-se que os hotéis não obtêm melhores resultados em suas vendas e promoção por meio da internet em função de que falta conhecimento por parte da maioria dos hoteleiros no que compete a criação de estratégias e a uma gestão mais eficiente no que tange ao marketing e as vendas na internet”, revelou a pesquisa.

A pesquisa relata que o uso correto da internet no setor de turismo produz um resultado positivo como instrumento de marketing, uma vez que algumas características criam um vínculo muito forte com a internet, como por exemplo, o fato do turismo ser basicamente “internacional”. E ressalta que mesmo em ocasiões onde a internacionalidade não se aplique, a distância já se torna uma motivação para se considerar a integração entre turismo e internet.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena deve pagar prêmio de R$ 2,5 milhões nesta quarta-feira
SUICÍDIO
Fórum e caminhada fecham a programação do “Setembro Amarelo”
NOVA ANDRADINA
Após agredir e ameaçar matar mulher homem foge, mas acaba preso
SEU BOLSO
Empréstimo consignado com garantia do FGTS começa nesta quarta
DOURADINA
Homem diz ser segurança, mas é preso com arma de uso restrito
DOURADOS
Perto do fim do prazo, cartórios têm movimento tranquilo por 2ª via de título
TEMPO
Quarta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
UAU
Aline Riscado curte praia com amigas e impressiona com corpão sarado
UFMS
PF investiga denúncia de acadêmico que ameaçou professores e alunos
OPORTUNIDADE
CIN abre vagas a curso de comércio exterior em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia encontra bilhete com “mula” e fecha entreposto de drogas no Estrela Porã
OPERAÇÃO REMAKE
Gaeco cumpre mandados e apura desvio de R$ 670 mil em sindicato
BR-163
Gol carregado com maconha é apreendido em Dourados
ÁGUA BOA
Homem armado invade casa e leva dinheiro da vítima