Menu
Busca quarta, 29 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
RURAL

Para desburocratizar, Sefaz implanta o Cadastro Eletrônico da Agropecuária

13 dezembro 2019 - 07h52Por Da Redação

Para viabilizar a modernização cadastral imposta pelo Programa de Atualização do Cadastro da Agropecuária e do Estoque de Animais Bovinos e Bubalinos (PROACAP), a Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) colocou em funcionamento o novo sistema de Cadastro Eletrônico da Agropecuária (e-CAP).

O projeto é uma iniciativa da Superintendência de Administração Tributária (SAT) juntamente com Coordenadoria Especial de Tecnologia da Informação (COTIN), e tem como objetivo desburocratizar o processo para o produtor rural obter a Inscrição Estadual, bem como simplificar a atualização de dados.

Com a entrada em funcionamento serão disponibilizados, já no novo formato, a atualização cadastral imposta pelo PROACAP, bem como os pedidos de inscrição, de baixa, de reativação e de suspensão. O PROACAP foi instituído pela Lei Estadual nº 5.338, de 30 de abril de 2019, a qual foi regulamentada pelo Decreto º 15.320, de 04 de dezembro de 2019 e tem como objetivo o recadastramento de todos os produtores rurais inscritos no Cadastro da Agropecuária (CAP) bem como o ajuste do Estoque de Animais Bovinos e Bubalinos.

Conforme o secretário Estadual de Fazenda, Felipe Mattos, a atualização imposta não incidirá a cobrança da Taxa de Serviços Públicos Estaduais e alcança todos produtores rurais, os quais deverão incluir o pedido de alteração cadastral nos seguintes prazos:

-até 31/05/2020 – produtores que possuam estoque de animais bovinos e bubalinos, no exercício de 2019;

-até 30/09/2020 – demais produtores.

Importante salientar que o arrendatário, cessionário, comodatário ou parceiro, somente poderá fazer a atualização do seu cadastro se o proprietário do estabelecimento já tiver incluído o pedido de alteração e este já ter sido homologado.

A Sefaz reforça aos produtores que observem atentamente os prazos, haja vista que a não atualização cadastral no módulo “e-CAP – Alteração cadastral” e a falta de declaração de estoque efetivo no e-SANIAGRO dentro do prazo, ensejará suspensão da inscrição estadual, perda do benefício da redução da multa por divergência entre o estoque declarado e o constante no e-SANIAGRO, bloqueio da ficha sanitária, vacinação obrigatória, entre outras.

Os pedidos de alteração cadastral, de reativação, de baixa e de suspensão são incluídos somente no acesso restrito (Portal ICMS Transparente) através do link: http://efazenda.servicos.ms.gov.br/e-fazenda/login.aspx, módulo “e-CAP – Alteração Cadastral”.

Para pedidos de inscrição inicial o canal de atendimento está disponível de pública através do endereço eletrônico http://www.fazenda.ms.gov.br, clicando no banner “Cadastro Eletrônico de Contribuinte” e posteriormente no link “Cadastro Eletrônico da Agropecuária (e-CAP)/Novas Solicitações”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Mulher é presa em flagrante pela polícia com três armas de fogo
REGIÃO
Suspeito de furto em frigorífico da JBS é preso pela polícia
MEIO AMBIENTE
Técnica criada na USP poderá tornar produção de plásticos mais sustentável
MERCADO DA BOLA
Everton recusa proposta de R$ 464 mi do Barcelona por Richarlison
GADO
Vaca é abatida a tiros pela polícia em rodovia do Estado
BRASIL
Presos são transferidos após incêndio em presídio no Rio de Janeiro
MATO GROSSO DO SUL
Diferença de preço em item da cesta básica chega em 243%, diz Procon
BRASIL
Bolsonaro vai sobrevoar áreas atingidas pelas chuvas em MG
REGIÃO
Motociclista joga maconha em margem de rodovia e acaba preso
TRÊS LAGOAS
Drogas e armas são encontradas em carros com adesivos de empresas

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
JARDIM FLÓRIDA
Homem é preso acusado de 'passar a mão' em menina de 11 anos