Menu
Busca quinta, 19 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Notas manchadas perdem validade, diz BC e CMN

01 junho 2011 - 15h33

Notas manchadas de tinta por dispositivo antifurto dos caixas automáticos não podem ser usadas como meio de pagamento, segundo derminação do Conselho Monetário Nacional (CMN). "Essas notas deixam de ter validade", informou o Banco Central, por meio de comunicado.

Com isso, a expectativa da autoridade monetária é reduzir casos de furtos e roubos a caixas eletrônicos e a circulação das cédulas marcadas.

Quem tiver em mãos uma nota possivelmente manchada de tinta contra furto deve ir a uma agência bancária e entregar a cédula para envio ao BC. Na autoridade monetária, a cédula vai ser analisada.

"Após a comprovação, pelo BC, de que o dano foi provocado por dispositivo antifurto, a instituição financeira deverá comunicar ao portador que a cédula foi fruto de ação criminosa e se encontra à disposição das autoridades competentes para investigação criminal. O portador da nota não terá direito ao ressarcimento do valor correspondente à cédula danificada", apontou o CMN.
Fonte: G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Soja responde por 16% das exportações brasileiras no semestre
SAÚDE
Apesar de "ambiente seguro", populares devem se alertar contra o sarampo em Dourados
CAMPO GRANDE
Escola Senai da Construção oferece 210 vagas em 5 cursos gratuitos
BRASILEIRÃO
Clássicos paulista e carioca são destaques de encerramento da rodada nesta quinta
RURAL
Vazio sanitário da soja permanece em Mato Grosso do Sul
BRASIL
Receita cancela adesão de mais de 700 contribuintes ao Novo Refis
DOURADOS
UFGD promove Curso de Formação Extensionista
CINEMA
"Te Peguei!" conta história real de adultos que ainda brincam de pega-pega
CAMPO GRANDE
Corrida marca comemoração dos 90 anos da PRF
TRADIÇÃO
Festa de São Cristóvão reúne fiéis neste final de semana em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
“Aqui é PCC!”, disseram atiradores que mataram dupla
DOURADOS
Maconha apreendida em caminhão e casa no Água Boa totalizou mais de 4,3t
CAMPO GRANDE
Douradense é preso acusado de ser mandante de tentativa de roubo de avião
PONTA PORÃ
Jovem diz que recebeu 25 kg de maconha como pagamento por sexo