Menu
Busca quarta, 21 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
COMÉRCIO EXTERIOR

MS tem superávit de U$ 2,1 bilhões na balança comercial no acumulado do ano

06 dezembro 2017 - 06h58Por Da Redação

Mato Grosso do Sul registrou um superávit de US$ 2,1 bilhões na balança comercial do setor externo no acumulado de janeiro a novembro de 2017. O valor é 23,18% maior em relação ao mesmo período do ano passado. É o que aponta a Carta de Conjuntura do Setor Externo, divulgada nesta terça-feira (5.11), pela Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

“Esse resultado é decorrente de uma melhora no desempenho dos principais produtos de nossa pauta de exportação. Houve uma alta muito expressiva em relação ao ano anterior, beneficiando a economia de nosso Estado. A cotação do dólar em um nível que proporcione uma boa rentabilidade beneficia nossas exportações. Tivemos uma recuperação na celulose, já mostrando um reflexo da abertura da segunda linha de produção da Fibria, e também no milho”, comentou o secretário Jaime Verruck, da Semagro.

Os destaques foram a soja em grão (24,51% de alta), celulose (4,6% de alta), carne bovina e produtos de carne (18,35% de alta), açúcar (23,66% de alta), respectivamente os quatro primeiros produtos de exportação de Mato Grosso do Sul que representam 73,53% dos valores exportados de janeiro a novembro de 2017. “Há de se destacar, também, a recuperação do minério de ferro e o crescimento do ferro gusa. Isso impactou de forma efetiva para o  aumento de 62% nas exportações do porto de Corumbá, em relação a janeiro a novembro do ano passado”, acrescentou Jaime Verruck.

Em termos de mercados, a China permanece como principal destino das exportações com 34,61%, seguida pela Argentina com 5,39%, sendo esse segundo o país que teve maior crescimento na participação, chegando a 55,31% de valores a mais exportados de janeiro a novembro de 2017 em relação ao mesmo período do ano passado.

Os destaques regionais ficaram para Três Lagoas que representa o município que mais exporta, com 31,77% dos valores exportados, seguido de Campo Grande, com 10,89% da pauta.

Com relação as importações, houve aumento de 10,32% de janeiro-novembro 2017 comparado ao mesmo período em 2016. Essa variação deve-se, sobretudo, à maior importação de “Outras máquinas e equipamentos mecânicos”, que chegou a 128,24% de crescimento dos valores importados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Ana Morais, caçula de Glória Pires aproveita o feriado na piscina
POLÍTICA
Senado aprova aumento de multa para quem desistir de imóvel na planta
DESCAMINHO
PRF prende dupla transportando 6,4 mil maços de cigarros na BR-163
OAB MS
Mansour Karmouche é reeleito para comando da OAB/MS
FUTEBOL
Santos deve manter Dodô e pode perder Vanderlei para o Flamengo
ELEIÇÕES
Alexandre Mantovani é eleito presidente da OAB em Dourados
IVINHEMA
Mulher morre após sofrer queda de motocicleta em estrada vicinal
POLÍTICA
Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
DOURADOS
UEMS realiza simpósio e comemora 10 anos de Educação a Distância
PESQUISA
Relatório inédito prova que ondas de celulares causam câncer em ratos

Mais Lidas

BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
DOURADOS
Homem que energizou cerca onde menor morreu é preso em flagrante por homicídio
FAZENDA
Sobrinho de prefeito de MS é sequestrado e executado no Paraguai
TRAGÉDIA
Adolescente morre eletrocutado em Dourados