Menu
Busca Domingo, 17 de Dezembro de 2017
(67) 9860-3221
Sertão Campanha - Dezembro2017
CRÉDITO

MS recebe certificação do BID para compras de até US$ 5 milhões

11 Setembro 2017 - 10h25

Reflexo do novo formato da Central de Compras do Governo do Estado, Mato Grosso do Sul contabiliza mais uma grande conquista: a certificação internacional pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), para compras internacionais com valor estimado em até US$ 5 milhões. No Brasil, apenas o sistema ComprasNet utilizado pelo Governo Federal possuí credenciamento para compras internacionais.

Resultado de um processo de acreditação no atual sistema de compras do Estado, o SGC (Sistema Gestor de Compras), a certificação de Mato Grosso do Sul com a nova liberação salta de US$ 100 mil para US$ 5 milhões. Iniciada em 2015, a ação é resultado de um trabalho integrado das Superintendência de Compras Públicas e Gestão da Informação.

Na prática, de acordo com o secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, além de uma ferramenta eficaz no controle dos gastos públicos, a certificação pelo BID reflete a transparência como vem sendo conduzido o sistema de compras públicas em Mato Grosso do Sul. "O pregão eletrônico tem se consagrado a principal ferramenta da nossa administração na área de compras governamentais. É a modalidade mais econômica, rápida e transparente, porque a sociedade pode acompanhar pela internet as compras realizadas pelo Governo e quando abrimos essa ferramenta para novos fornecedores, inclusive fornecedores internacionais, conseguimos otimizar ainda mais nossa busca pelo menor preço", resume Assis.

###Preço, qualidade e prazo de entrega
Por determinação do Governador Reinaldo Azambuja, todo processo licitatório tem base em três pilares: menor preço, produto de qualidade e entrega do que foi adquirido dentro do prazo estabelecido. A estratégia vem contabilizando resultados importantes. Só no ano passado, A Central de Compras deixou de gastar R$ 1 bilhão, comprando bem. Para se ter uma ideia, em uma licitação recente para a aquisição de 1.800 aparelhos de ar condicionado, incluindo o serviço de instalação, uma pesquisa de mercado revelava que o Executivo Estadual gastaria em média de R$ 10,5 milhões. Após o trâmite da licitação, realizada por meio de pregão eletrônico, o Governo assinou ata para aquisição desses equipamentos no valor de R$ 6,7 milhões, ou seja, foram R$ 3,8 milhões que deixaram de sair dos cofres estaduais, com a realização de apenas uma licitação.

Em outra licitação, desta vez para aquisição de pneus para reposição dos veículos da frota estadual, a pesquisa de mercado apontava uma despesa de R$ 26,5 milhões. Com a realização da licitação, também por meio de pregão eletrônico, o valor baixou para R$ 18,8 milhões, gerando uma economia de R$ 7,7 milhões ao Executivo Estadual.

A gestão eficiente nas compras públicas também vem produzindo resultados importantes nas compras diretas. De acordo com o superintendente de Licitação, Marcus Vinicius Costa, hoje o Governo do Estado utiliza a prerrogativa de aguardar a manifestação das empresas por seis horas, via sistema de compras, para aquisição de qualquer produto. A estratégia, segundo ele, é eficiente e produz uma economicidade importante. "Só nos primeiros sete meses deste ano, já produzimos uma economia de R$ 1,2 milhão, fruto do comprometimento dos nossos servidores que também vem adotando, na prática, esse conceito de economia presente na gestão", explica.

###Entregas
A modernização dos processos utilizados na central de compras vem contribuindo significativamente para a produção de resultados positivos. Com a nova plataforma digital do e-Fornecedor, os fornecedores poderão enviar todos os documentos via sistema, não sendo mais necessário o envio de documentos físicos. O novo módulo, já em fase de produção, chega para facilitar todos os processos de compras do Estado. O sistema vai permitir a manutenção de um cadastro completo e atualizado, controle de documentos, certidões e prazos de validade de forma mais eficiente, certificando empresas para participação de pregões eletrônicos e a manutenção de um histórico de penalidades das empresas de fácil consulta.

A padronização dos itens a serem adquiridos pelo Estado também reflete eficiência com o novo Catalogo de Serviços e Materiais que traz uma nova forma mais clara e objetiva de Padronização. Já o Plano de Compras 2018, com previsão de lançamento para o mês de novembro, pretende antecipar a relação de todos os produtos que o Governo pretende adquirir no próximo ano, para que os fornecedores do Estado possam se programar para vender para o Estado.

Ações importantes que vem garantindo maior eficiência do gasto público e melhor aplicabilidade dos recursos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MESMO CRIME
Dois são condenados em processo envolvendo filho de desembargadora
PARCERIA
Investimentos do Governo do Estado em Caracol chegam a R$ 9,2 milhões
EDUCAÇÃO
Grupo da UEMS promove encontro brincante de férias em janeiro
LOTERIA
Mega-Sena acumula mais uma vez e pode pagar prêmio de R$ 43,5 milhões
FRONTEIRA
Dois jovens morrem em colisão envolvendo moto e caminhonete
FUTEBOL
Real Madrid bate o Grêmio é campeão do Mundial de Clubes da Fifa
MELHORIAS
Sicredi entrega doação para reforma do Lar do Idoso de Dourados
PEDRO JUAN
Dois homens são executados em ataque de pistoleiros na fronteira
TEMPO
Domingo de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
UAUU
Paolla Oliveira enlouquece seguidores com foto de topless

Mais Lidas

2016
Polícia investiga possível homicídio em queda de avião no MS
HAYEL BON FAKER
Bilhete de pedágio “denuncia” e dupla é presa em Dourados após furto em Rio Brilhante
DOURADOS
Homem é preso após ser flagrado empurrando moto furtada
MANTIDO EM MS TAMBÉM
Governo mantém horário de verão para 2018, mas reduz tempo de duração