Menu
Busca Quinta, 18 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Escola Sesc - Janeiro 2018

MS bate recorde histórico na produção de cana-de-açucar

23 Dezembro 2012 - 12h53

A safra 2012/2013 da cana-de-açúcar ainda continua em Mato Grosso do Sul. Mesmo com a moagem em andamento, balanço da Associação dos Produtores de Bioenergia (Biosul) aponta que as usinas do estado processaram até a segunda quinzena de novembro 35 milhões de toneladas.

O volume é 3,44% maior do que o registrado em todo o ciclo passado (2011/2012), que foi de 33,8 milhões de toneladas, e quebra o recorde histórico de produção da cultura no estado que havia sido estabelecido naquela safra.

Com o volume de cana moída, o parque industrial sucroenergético sul-mato-grossense já produziu 1,66 milhões de toneladas de açúcar e 1,795 bilhão de litros de etanol. O mix de produção, ou seja, a quantidade de matéria-prima que é destinada a fabricação de cada produto ficou em 63,66% para o etanol e 36,34% para o açúcar.

Segundo o gerente executivo da Biosul, Paulo Aurélio, o aumento previsto para a produção de cana no estado nesta safra era ainda maior, em torno de 14%, mas problemas climático no início do ciclo atrapalharam a moagem. “Não vamos crescer no patamar previsto, mas vamos fechar a safra com um incremento de 4% a 5% em razão desses imprevistos”, explica.

Esse volume de produção, conforme a Biosul, coloca Mato Grosso do Sul na posição de quinto maior produtor nacional de cana-de-açúcar no país. Entretanto, na avaliação do consultor econômico João Pedro Cuthi Dias a produção poderia ser bem maior.

“Existem alguns problemas momentâneos, como o do preço do etanol, por exemplo. Mas a capacidade industrial que temos instalada no estado poderia moer até 60% a mais do que foi processado”, analisa, completando que Mato Grosso do Sul reúne todas as condições para em médio prazo se tornar o segundo maior produtor brasileiro.

“Temos todas as condições. Como solo e clima adequados e disponibilidade de terras. Podemos aumentar a produção de cana sem causar nenhum impacto a outras atividades como a produção de soja, milho e a pecuária. As condições do estado são extremamente favoráveis para isso”, conclui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EITA, EITA!
Participante do BBB18 adora mandar nudes
DOURADOS
Chuva intensa alaga túnel do Parque das Nações II
POLÍTICA
Recurso é negado pela Justiça Federal e interrogatório de Lula é mantido
REGIÃO
Em parceria com prefeito Marquinhos, Geraldo garante novas ações para Vicentina
ECONOMIA
Dólar tem nova queda e volta a R$ 3,20
Dólar tem nova queda e volta a R$ 3,20
POLÍCIA
Trio de assaltantes atira em idoso durante assalto
Trio de assaltantes atira em idoso durante assalto
BONITO
Tio encontra sobrinho morto no quintal de casa
Uma trouxinha de maconha foi encontrada no quarto do jovem;
MS
Divulgada resolução que orienta sobre inscrições no Programa Vale Universidade
Divulgada resolução que orienta sobre inscrições no Programa Vale Universidade
MEDIDA
Moro ordena transferência de Sérgio Cabral do Rio para o Paraná
MEDIDA
Construtora deve manter acordo contratual sem cobrança de juros abusivos
Construtora deve manter acordo contratual sem cobrança de juros abusivos

Mais Lidas

DOURADOS
Homens são presos após assaltar jovens e roubar caminhonetes
DOURADOS
Homem é preso por posse de armas, droga e relógios roubados
QUADRILHA
Polícia prende suspeitos de sequestrar jovem em frente a hospital
NOVA ALVORADA
Homem é assassinado com cinco tiros enquanto caminhava