Menu
Busca segunda, 15 de julho de 2019
(67) 9860-3221
ABSURDO

Motorista é multado por avançar sinal em cruzamento que não existe

02 julho 2015 - 08h05

Todos os meses são registradas mais de 6 mil multas, apenas pelos agentes de trânsito de Campo Grande. Apesar da fiscalização que há sobre a aplicação de infrações a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), admite falhas esporádicas. Segundo o site Midiamax, nesta semana, por exemplo, um funcionário público ficou surpreso ao constatar que foi multado em um cruzamento inexistente.

Segundo o funcionário público, de 30 anos, que preferiu não se identificar, a multa foi registrada no dia 22 de junho, às 19h19, em um suposto cruzamento entre as ruas General Nepomuceno Costa e Campo Grande, no entanto, as vias não se encontram.

Conforme o mapa, a Rua General Nepomuceno Costa, está localizada na Vila Alba, na região oeste da cidade. Já a Rua Campo Grande, fica na Vila Ipiranga, no sul da Capital. O motorista diz que só descobriu o erro depois de consultar alguns dados no Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

“Fui multado por passar no sinal vermelho em um cruzamento que não existe. Além disso, nunca passo por nenhuma destas duas ruas e não me recordo de ter saído nesse horário naquele dia. É um abuso por parte dos agentes de trânsito. Confundiram a rua e o veículo. Deveriam verificar antes de fazer a notificação”, afirma.

Depois de constatar o erro, o motorista entrou em contato com a Agetran e foi informado de que poderá recorrer, no entanto, o funcionário público reclama do transtorno por conta do equívoco. “Trabalho e vou ter de usar meu horário de almoço para resolver um problema provocado pelo erro de um agente de trânsito. Isso é um absurdo”, enfatiza.

Questionada sobre a situação relatada, a assessoria de comunicação da Agetran garante que são feitas fiscalizações sobre a aplicação de multas, mas admite que pode haver falha humana e ressalta que os erros não são constantes e que oferece aos condutores a oportunidade de recorrer.

Segundo as informações, caso seja constatada irregularidade na aplicação da multa, o motorista deve ir ao Protocolo da Agetran e solicitar o cancelamento da infração. Caso o motorista não possa ir pessoalmente ao local, por residir em outro município, é necessário que o ele retire o formulário no site e siga todas as orientações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem é morto no Jardim Pantanal; segundo homicídio da noite
STREAMING
Série brasileira que vai mostrar realidade na favela estreia em agosto
DOURADOS
Homem é assassinado a tiros em conveniência
ECONOMIA
Dólar fecha em alta, seguindo exterior e de olho em reforma da Previdência
DOURADOS
Homem é baleado no Jardim Pelicano
BR-463
Homem tenta fugir e acaba preso com meia tonelada de maconha
CAMPO GRANDE
Banco é condenado a restituir cliente vítima de fraude
IDENTIFICAÇÃO
TSE vai definir primeiras cidades que vão emitir DNI
MS-276
Caminhonete bate em carreta e deixa uma pessoa morta
CLIMA
Após tardes quentes, frio deve voltar na quarta em Dourados

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher é presa após espancar a filha de 4 anos em Dourados
TRÂNSITO
Acidente na Coronel Ponciano mata motociclista, deixa passageira ferida e motorista foge
DOURADOS
Homem morre após ser esfaqueado em bar na Vila Rosa
DIOCLÉCIO ARTUZI
Após denúncia por som alto, mulher, filho e nora agridem vizinhos e danificam casa das vítimas