Menu
Busca quarta, 19 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
FILAS

Ministério Público quer barrar contratação de militares pelo INSS

17 janeiro 2020 - 21h50Por G 1

O subprocurador-geral do Ministério Público no Tribunal de Contas da União (TCU), Lucas Furtado, pediu nesta sexta-feira, dia 17 de janeiro, ao tribunal que suspenda a contratação, pelo governo, de militares da reserva para atuar no INSS (Instituto Nacional de Seguro Social).

A representação será distribuída a um dos ministros do TCU. Caberá a relator atender ou não ao pedido (leia os argumentos dos procurador mais abaixo).

Procurada, a Secretaria de Trabalho informou que a Advocacia Geral da União (AGU) se manifestará sobre o caso quando for notificada do pedido.

Na última terça-feira (14), o governo informou que irá contratar 7 mil militares para tentar reduzir as filas de atendimento.

Atualmente, cerca de 2 milhões de pessoas estão à espera de uma resposta para obter benefícios.

Argumentos do Ministério Público

No pedido apresentado ao TCU, Lucas Furtado questiona a legalidade da medida. Isso porque, segundo ele, a contratação não poderia ser direcionada apenas a militares da reserva.

"Ao meu ver, não pode haver o direcionamento da contratação para os militares da reserva, pois, nesse caso, é nítida a reserva de mercado que o governo federal está promovendo para remediar o impasse das filas de processos pendentes de análise", afirmou o procurador.

Furtado também argumentou que o militar da reserva não é um funcionário público aposentado e que a disponibilidade dos militares de reserva visa atender a possíveis necessidades das Forças Armadas, não a necessidades de atividades de natureza civil.

Segundo informou o governo, o custo das medidas para acabar com a fila de pedidos no INSS será de R$ 14,5 milhões por mês, valor que inclui a gratificação dos militares – que, por lei, equivale a 30% adicionais sobre a aposentadoria na reserva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Governo destina equipamentos para unidades de saúde de Dourados
REGIÃO
Foragido da justiça é flagrado furtando botijão de gás
ECONOMIA
FGTS vai reduzir descontos no financiamento da casa própria em 2021
DOURADOS
Semsur recebe massa para ‘tapar buracos’ no centro e bairros críticos
MEIO AMBIENTE
Projeto une Imasul, Ministério Público e ONG na conservação das águas de Bonito
DOURADOS
Campanha contra tuberculose e hanseníase começa em março
FLAGRANTE
De folga, policial flagra roubo e apreende adolescente
PREVENÇÃO
Governo define estratégias para prevenir e combater incêndios florestais em MS
ENSINO SUPERIOR
UEMS encerra hoje inscrições para 551 vagas em 32 cursos
ECONOMIA
Indústria moveleira de MS começa ano otimista e projeta até 20% de crescimento na produção

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
FRONTEIRA
Festa termina com aniversariante e convidado assassinados por pistoleiros