Menu
Busca segunda, 03 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
APÓS PARALISAÇÃO

JBS anuncia retomada dos abates e manutenção de investimentos no MS

21 outubro 2017 - 08h00Por Da Redação

O grupo JBS retoma os abates nos sete frigoríficos instalados em Mato Grosso do Sul a partir da próxima terça-feira (24.10) e vai manter os investimentos em andamento. A garantia foi dada pelo presidente da Divisão de Carnes Brasil da empresa, Renato Costa, durante reunião na Governadoria convocada pelo governador Reinaldo Azambuja e que foi realizada no final da tarde desta sexta-feira (20).

A empresa abate em média 6 mil bovinos por dia no Estado e havia anunciado a paralisação das atividades após a Justiça bloquear R$ 730 milhões em pedidos de duas ações públicas, uma da CPI que apura irregularidades fiscais da empresa no MS e outra protocolada por dois advogados.

Na reunião ficou acertado que na segunda-feira as assessorias jurídicas da JBS, da Assembleia Legislativa e do Governo do Estado apresentarão ao juiz que determinou o bloqueio das contas da JBS, a minuta de um acordo em que a empresa se compromete a oferecer bens em garantia para ressarcir o Estado pela dívida acumulada, para que possa ter as contas desbloqueadas.

O grupo assumiu o compromisso também de manter as atividades normais e o emprego dos cerca de 15 mil funcionários que atuam em Mato Grosso do Sul.

O governador Reinaldo Azambuja destacou, durante a reunião, que as conversas mantidas com a JBS foram de Governo do Estado com a empresa, independentemente das questões relacionadas a holding J&F, uma das donas da JBS. “A nossa preocupação foi em garantir as atividades da empresa e principalmente manter o emprego dos trabalhadores, para que a gente pudesse dar tranquilidade a essas pessoas que estavam vivendo o medo de perderem o emprego”, comentou.

Reinaldo Azambuja destacou que a decisão anunciada por Renato Costa não se restringe ao setor frigorífico. “A JBS anunciou a manutenção de todas as atividades em Mato Grosso do Sul, a continuidade dos abates, do trabalho da Seara, da Eldorado”, disse o governador.

Durante a reunião, o presidente da Divisão de Carnes Brasil da JBS disse que entre os investimentos que serão mantidos, está a ampliação da planta da empresa na saída para Sidrolândia, onda está sendo construído um prédio que abrigará o setor onde serão fabricados produtos fármacos, tendo como matéria-prima subprodutos bovinos, como sangue.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO NEGRO
Mulher é agredida ao pedir que netas parassem com som alto e bebedeira
RACHADINHAS
Procuradoria pede ao STJ que mande Fabrício Queiroz de volta à cadeia
PEDREIRO ASSASSINO
PM encontra com suspeito de estupro motocicleta de vítima de serial killer
JUSTIÇA
Ex-prefeito de Aquidauana é multado em R$ 13 mil por falta de transparência
BATAGUASSU
Polícia serra assoalho de veículo e encontra 108 quilos de maconha
UEMS
Inscrições abertas para seleção de docente Tradutor e Intérprete de Libras
POLÍTICA
Senador Nelsinho Trad conseguiu liberar R$ 59,4 milhões para MS em julho
NOVA ANDRADINA
Homem é preso por desacato e dirigir veículo sob influência do álcool
JUSTIÇA
TJ/MS lança Consulta Pública e declara aberto Planejamento Estratégico 2021-2026
INVESTIMENTO
Sanesul assina ordem de serviço para melhorias da rede de água em Aparecida do Taboado

Mais Lidas

ACIDENTE
Motociclista perde controle da moto e invade estabelecimento na Marcelino Pires
ACIDENTE
Jovem é atropelado em Dourados e motorista foge do local sem prestar socorro
TRÁFICO DE DROGAS
Força Aérea persegue pilotos que sobrevoavam MS com mais de 1 t de cocaína
DOURADOS
Quatro pessoas são presas acusadas de fazerem parte de facção criminosa