Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Impostômetro deve bater R$ 1,5 trilhão arrecadados em 2012 às 19h

28 dezembro 2012 - 18h40

Nesta sexta-feira, por volta das 19h, o Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) deverá alcançar R$ 1,5 trilhão em impostos federais, estaduais e municipais pagos por todos os brasileiros desde o 1º dia do ano. Essa é a expectativa da entidade, que afirma que o valor será atingido com apenas um dia de diferença na comparação com 2011, quando o painel registrou esse mesmo valor no dia 29 de dezembro.

Até o momento, o impostômetro marca aproximadamente R$ 1,499 trilhão. A expectativa da associação é que no último dia do ano, 31 de dezembro, os impostos pagos devem chegar à marca de R$ 1,556 trilhão.

O Impostômetro foi inaugurado em abril de 2005 e em setembro de 2011 foi criado o portal do painel (www.impostometro.com.br). Nele é possível ver o quanto o País, os Estados e os municípios estão arrecadando em impostos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UFGD
Ex-ministro dos Direitos Humanos faz palestra dia 26 em Dourados
TRÊS LAGOAS
Homem é preso acusado de sequestrar secretária para roubar caminhonete
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para exames de proficiência em língua estrangeira
VÍNCULO AFETIVO
STJ garante direito de visita a animais de estimação após separação
CONCURSO
Comarca de Bonito selecionará estagiários de Administração
JUSTIÇA
Homem é condenado por fraudar assinatura da ex-mulher em cheques
FUTEBOL
Alberto Valentim deixa o Botafogo para dirigir time do Oriente Médio
ABIGEATO
Propriedades rurais são alvo de ladrões de gado em Nova Andradina
CAIXA DOIS
Fachin vota pela absolvição de Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo
ECONOMIA
Retiradas do PIS/Pasep batem recorde no primeiro dia de saque

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
DOURADOS
Dupla é presa por tentativa de homicídio contra vendedor de espetinhos
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito
ÁGATA DE AÇO II
Brigada de Dourados desloca 600 homens para atuar contra crimes fronteiriços