Menu
Busca segunda, 27 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
ECONOMIA

IBGE mostra Dourados atrás de Três Lagoas em ranking do PIB em MS

13 dezembro 2019 - 11h52Por André Bento

Levantamento feito pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) com base em dados de 2017 mostra que Dourados segue atrás de Três Lagoas no ranking que avalia o PIB (Produto Interno Bruto) dos municípios. Enquanto a economia local totalizou R$ 8,3 bilhões em riquezas, sobretudo graças aos setores de serviços e de administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social, no município da região do bolsão a cifra atingiu R$ 10,1 bilhões, especialmente por causa da agropecuária e da indústria.

Líder estadual, Campo Grande ocupa o 30º lugar em âmbito nacional, com um PIB a preços correntes de cerca de R$ 27 bilhões, o que representa uma participação de 0,41% no montante nacional.

Completam a lista dos seis municípios sul-mato-grossenses mais ricos Corumbá, com PIB de R$ 2,86 bilhões, Ponta Porã, de R$ 2,64 bilhões, e Maracaju, de R$ 2,38 bilhões. Segundo o IBGE, “entre os 30 municípios do Centro-Oeste com menores PIBs, nenhum é de Mato Grosso do Sul”.

A lista dos municípios mais ricos do Brasil é liderada por São Paulo, com PIB de R$ 699 bilhões, seguido pelo Rio de Janeiro, de R$ 337 bilhões, por Brasília, no Distrito Federal, de R$ 244 bilhões, Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, de R$ 88,9 bilhões, e Curitiba, no Paraná, de R$ 84,7 bilhões.

Na região Centro-Oeste, também segundo o IBGE, 96 municípios têm suas economias ancoradas na produção de soja em grão, algodão herbáceo e arroz em grão.

Três Lagoas, cuja maior atividade agropecuária é o cultivo de cana-de-açúcar, figura entre os cinco maiores valores adicionados ao PIB por esse ramo econômico, de R$ 1,2 bilhão. Já Dourados, na região sul-mato-grossense onde a soja é protagonista, adicionou R$ 484,8 milhões.

O IBGE detalha ainda que dois municípios de Mato Grosso do Sul estão no ranking dos 100 brasileiros com maiores valores adicionados bruto da Indústria. Nesse aspecto, Três Lagoas totalizou R$ 5,1 bilhões e supera até Campo Grande, com R$ 3,7 bilhões.

Quanto à atividade econômica de prestação de serviços, Campo Grande retoma a liderança estadual, com R$ 14 bilhões agregados ao PIB. Dourados teve R$ 4,3 milhões e Três Lagoas R$ 2,2 milhões.

Em administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social, mais uma vez a capital é líder, com R$ 5,2 bilhões agregados à economia, enquanto Dourados obteve R$ 1,3 bilhão e Três Lagoas R$ 750 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Taxista boliviano é preso em MS com cocaína que entregaria em São Paulo
BATAYPORÃ
Vereador denuncia reforma de carro particular em oficina municipal
CRIME AMBIENTAL
Homem é multado em R$ 11 mil por desmatamento de vegetação nativa
COURO
Feira da Indústria de Calçados começa com projeções positivas
LUTO NO ESPORTE
Kobe Bryant, astro da NBA, morre aos 41 anos em acidente de helicóptero
CONCURSOS
Ao menos 15 órgãos abrem inscrições nesta segunda para mais de 600 vagas
COSTA RICA
Polícia prende suspeito de matar homem com tiros pelas costas em bar
DESLIZAMENTOS
Defesa Civil confirma 37 mortes por causa da chuva em Minas Gerais
BATAYPORÃ
Mulher de 22 anos é multada em R$ 1 mil por maus-tratos a cachorro
ECONOMIA
Dourados recebe palestra com técnicas para fugir da rotina na empresa

Mais Lidas

DOAÇÃO
Órgãos captados em Dourados vão salvar vidas em três Estados
DOURADOS
Motociclista bate em caminhão da coleta de lixo e fica em estado gravíssimo
MS
Homem é acusado de colocar sedativo no leite para abusar de enteada
DOURADOS
Designação para escolas e Ceim’s acontece neste sábado