Menu
Busca quarta, 20 de março de 2019
(67) 9860-3221

Falta de práticas inovadoras afasta empresas do acesso ao crédito

02 junho 2011 - 08h17

A falta da adoção de práticas inovadoras é um dos motivos que afasta muitas empresas do acesso ao crédito, segundo apontou o doutor em Economia de Empresas da FGV/EAESP, Lauro Emílio Gonzalez Farias, durante a palestra gratuita “Ambiente de Negócios no Brasil – Serviços Financeiros como Estratégia de Desenvolvimento Empresarial” realizada ontem à noite (01/06), no auditório térreo do Edifício Casa da Indústria, no âmbito do programa de Capacitação Empresarial do IEL em parceria com o Sebrae/MS, para uma platéia composta por 150 empresários e estudantes. “Com certeza essa é uma questão que impossibilita o acesso ao crédito em muitos casos”, complementou.

Ainda na avaliação do palestrante, em alguns momentos existem recursos disponíveis, mas faltam produtos adequados. “Por isso é importante esclarecer o binômio acesso e uso”, disse, abordando também as transformações básicas do sistema financeiro no Brasil, o acesso ao crédito e o binômio acesso e uso. “Falamos dessas transformações nos últimos dez anos. Tivemos o que eu chamo de choque favorável do fator externo na economia brasileira”, reforçou, acrescentando que os efeitos disso são positivos, principalmente, para o mercado de crédito.

O superintendente do IEL, Bergson Amarilla, destacou que a palestra integra o Programa de Capacitação Empresarial desenvolvido em parceria com o Sebrae e FatecSenai Campo Grande, cabendo ao Instituto oferecer as ferramentas de gestão para as empresas industriais. “Temos o papel de trazer temas importantes para o dia-a-dia das empresas”, declarou, ressaltando que a proposta também visa aumentar a oferta de cursos para empresas, sempre em parceria com outras instituições. “Caminhamos no sentido de oferecer capacitações para as empresas e a gestão de finanças, tema da palestra, é um item que compõe o sucesso e deve estar alinhado à estratégia e à inovação”, pontuou.

Para o gerente de produção da Art Acrílicos, Gilberto Carlos Gouveia, a iniciativa do IEL em realizar a palestra foi importante para esclarecer os caminhos de acesso ao crédito e obter informações sobre o contexto econômico atual. “As empresas precisam dessas informações, precisam ter acesso a pessoas que trazem esse contexto e ampliem o nosso conhecimento. O IEL está de parabéns pela iniciativa”, ressaltou.

A contadora da Hidrosul Ambiental, Aline Vargas, também acredita que as empresas locais são carentes de informação. “Quando as entidades buscam esse conhecimento e convida as empresas para tratar do assunto torna essa informação mais acessível”, disse, acrescentando que isso contribui para o desenvolvimento das empresas e do Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Laura Keller exibe barriga chapada e corpo torneado ao renovar o bronze
PONTA PORÃ
Motorista que dirigia para traficante na fronteira sobrevive a 9 tiros de fuzil
OBRIGAÇÕES
MPT recomenda suspensão de repasses ao Instituto Gerir
POLÍTICA
Reforma dos militares será decidida em reunião nesta quarta-feira
UEMS
Abertas inscrições para Programa de Bolsas para Jovens Professores
NOVA ALVORADA
Polícia prende dois homens com veículo roubado na rodovia MS-145
INTERNACIONAL
Bolsonaro diz que retorna com “a sensação de missão cumprida”
COSTA RICA
Juiz decreta preventiva de acusado de matar a mulher com machadinha
DOF
Operação prende sete integrantes de facção ligados ao tráfico de drogas
STJ
Puccinelli responderá acusações da Papiros de Lama em liberdade

Mais Lidas

FRONTEIRA
Homem é executado enquanto tomava tereré na frente de açougue
FRONTEIRA
Motorista que teria ligação com Pavão é executado a tiros e outro fica gravemente ferido
DOURADOS
Pai e madrasta de criança morta por agressão vão a júri popular
FARRA
Polícia é acionada após grupo fazer festa em motel e tentar sair sem pagar