Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Estudo divulgado pela Semac aponta que PIB-MS cresceu 11% em 2010

27 novembro 2012 - 11h42

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac) concluiu a elaboração de um relatório que mostra os resultados do Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso do Sul referentes ao ano de 2010. A avaliação econômica mostra uma forte retomada de crescimento da economia estadual no ano seguinte ao ano central da crise financeira internacional - que foi 2009. O trabalho integra o Projeto de Contas Regionais, desenvolvido em parceria com o IBGE.

O desempenho da produção de bens e serviços de 2010 aponta para Mato Grosso do Sul um Produto Interno Bruto de R$ 43.514.206.732 (quarenta e três bilhões, quinhentos e quatorze milhões, duzentos e seis mil e setecentos e trinta e dois reis), resultando um PIB per capita de R$ 17.765,68.

A economia do Estado cresceu 11,01% em 2010, influenciada pelo bom desempenho do Setor Primário e do Setor Secundário, que cresceram 25,47% e 14,61%, respectivamente. Por outro lado, o Setor Terciário teve um desempenho menor, embora positivo, de 5,85%.

Os valores alcançados pelo desempenho do PIB-MS de 2009 a 2010 ampliam de 1,12% para 1,15% a sua participação no PIB do Brasil e representam 12,41% de peso no PIB da Região Centro-Oeste. No ano de 2010 o PIB brasileiro alcançou uma taxa 7,53% de crescimento.

Análise

Conforme o estudo, a retomada das taxas de crescimento foi favorecida especialmente pela agropecuária, que cresceu 25,47%. O que impulsionou esse desempenho do setor agropecuário foi, principalmente, a agricultura, onde os principais grãos experimentaram um incremento de 41,0%, resultante de um ganho em rendimento na casa dos 40% na comparação com o ano de 2009. Aparecem com destaque o desempenho do milho, com expansão de tonelagem colhida em 73,4%; da cana-de-açúcar, com crescimento de 37,92% em quantidade colhida; e da soja, com ganho de produção em 32,0%.

O setor secundário também atuou de forma favorável para crescimento na taxa de evolução do PIB-MS em 2010. O setor industrial apresentou uma taxa de crescimento real de 14,61%, com destaque para a indústria de transformação, que se expandiu 17,14%; e a atividade da construção civil, com elevação de 8,24% no seu desempenho. Os serviços da indústria de utilidade pública – SIUP -, que inclui geração e distribuição de energia elétrica, captação, tratamento e distribuição de água etc, cresceram 22,7%.

A alta taxa de crescimento de 11,01% obtida pela economia sul-mato-grossense em 2010 também foi positivamente impactada pelo bom comportamento de algumas atividades como no setor terciário: o comércio, com crescimento de 10,7%; a atividade das instituições financeiras (15,9%); transportes (7,9%); outras atividades (alojamento e alimentação, serviços prestados às empresas, serviços prestados às famílias e educação e saúde mercantil), que juntas cresceram em média 6,3%;


Participação de cada setor no PIB

Conforme o relatório divulgado pela Semac, observando a participação dos setores econômicos na composição do PIB Estadual, os dados mostram que o Setor Terciário, que congrega as atividades de Comércio e Serviços, mantém-se com o maior peso, representando 62,40% na formação do resultado de 2010. Este setor concentra as atividades de comércio e serviços. Já o setor secundário, onde estão os ramos industriais, contribuiu com 22,15% na formação da riqueza gerada em 2010 pela economia sul-mato-grossense. O Valor Adicionado das atividades agropastoris, produção agrícola e pecuária, que contribuíram em 2010 com 15,45% na formação do PIB de Mato Grosso do Sul, representam o menor valor agregado.

Entenda o PIB

O Produto Interno Bruto representa a quantificação em valores da produção de bens e serviços em um espaço temporal, fruto do desempenho das atividades econômicas por meio da utilização de seus recursos produtivos. O cálculo do PIB tem o objetivo de avaliar as taxas de crescimento global e setorial da economia, apresentar a composição das principais contas de produção na formação da riqueza, e o valor do PIB per capita resultante no período considerado e os agregados macroeconômicos por setores de atividades.

Além dos resultados do PIB-MS de 2010, o relatório divulgado pela Semac contém os resultados relativos aos anos de 2002 a 2009. O conteúdo completo da publicação está disponível para livre consulta no site da Secretaria, no endereço www.semac.ms.gov.br, no menu Contas Regionais – Relatório do PIB.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Chamadas de fixo para celular ficarão em média 0,4% mais baratas
UEMS
Universidade abre concurso para professores em quatro cidades de MS
AQUIDAUANA
Homem escorrega em barranco e desaparece nas águaa do Rio Negro
FENÔMENO
Vem aí a última chuva de meteoros do ano; veja dicas para observar
CAPITAL
Vendedora de salgados acha bolsa com o 13° de idosa e devolve
CAMPO GRANDE
Mulher cai em golpe do prêmio por telefone e perde quase R$ 3 mil
REAJUSTE
Petrobras eleva em 1,12% preço da gasolina nas refinarias
JUSTIÇA
Nova diretoria da Amamsul será empossada na próxima sexta-feira
EDUCAÇÃO
UEMS divulga versão preliminar do Projeto Pedagógico Institucional
JUROS
Copom mantém taxa Selic em 6,5% ao ano pela sexta vez seguida

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto