Menu
Busca sábado, 18 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Dólar sobe e encosta em R$3,28 com temor sobre reforma da Previdência

07 novembro 2017 - 18h05Por G1

O dólar fechou am alta ante o real nesta terça-feira (7), encostando no patamar de R$ 3,28, com o mercado mais preocupado com a agenda econômica do governo no Congresso após o presidente Michel Temer admitir que a reforma da Previdência pode não sair do papel.

A moeda norte-americana avançou 0,55%, vendida a R$ 3,277, depois de bater a máxima de R$ 3,2893 no dia. 

Na noite passada, Temer reuniu-se com líderes da base aliada da Câmara dos Deputados e deu sinais de que a reforma da Previdência pode não ser aprovada.

"Vou insistir, vou me empenhar, mas concordo que, sozinho, o governo não tem condições de aprovar a reforma da Previdência”, afirmou Temer ao Blog do Valdo Cruz. O presidente, entretanto, disse ainda que se manterá empenhado no tema, mesmo que seja para aprovar a reforma parcialmente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTES
Santos e Sport se enfrentam por dias melhores no Brasileirão
DOURADOS
Jovem tem moto furtada no centro
SAÚDE
Paraguai aproveita Dia D no Brasil e abre postos para vacinação contra sarampo na fronteira
DOURADOS
Inscrições abertas para seleção de tutor(a) para PET Letras
NOVA ANDRADINA
Polícia atende acidente de trânsito e prende envolvido que era evadido
ELEIÇÕES 2018
Dos 27,4 mil registros de candidaturas, 8,4 mil são de mulheres
CORUMBÁ
Polícia localiza com ajuda de cão cocaína que iria para BA
ESPORTES
Neymar segue na mira do Real, que pode pagar R$ 1,3 bilhão pelo brasileiro
ESPORTES
Rodada do Sub-19 pode definir campeão neste sábado
BRASIL
Ministro do STJ nega liminar para suspender condenação de Garotinho

Mais Lidas

DOURADOS
Defesa questiona "condenação social" e diz que pai de criança não tem ligação com morte
DOURADOS
À espera da audiência de custódia, envolvidos em morte de criança permanecem em delegacia
DOURADOS
Casal acusado de matar criança tem prisão preventiva decretada pela Justiça
DOURADOS
Delegado aguarda laudo para saber se bebê internado no HU foi agredido