Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Dólar fecha em alta e volta a se aproximar de R$ 3,90

14 junho 2019 - 17h20Por G1

O dólar fechou em alta nesta sexta-feira (14), após declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, num dia já negativo no exterior. Dados fortes dos Estados Unidos também concentraram atenções, em dia marcado por protestos contra as mudanças e também cortes do governo na educação ao redor do país.

A moeda norte-americana fechou em alta de 1,19%, vendida a R$ 3,8996. Na máxima da sessão até o momento chegou a R$ 3,9135. 

"Guedes falou o que todo mundo acha, mas não podia ter falado", resumiu um gestor à Reuters.

O receio é que volte o clima de animosidade entre Congresso e Executivo, que em meses passados fez os mercados se deteriorarem à medida que colocou em dúvida a aprovação de uma reforma da Previdência com potência fiscal suficiente para reequilibrar as contas públicas.

Cenário externo

Investidores monitoravam o noticiário externo após dados mostrarem que a produção manufatureira dos Estados Unidos avançou em maio, no primeiro ganho mensal neste ano, além de um aumento nas vendas no varejo dos EUA.

Os dados trazem alívio às preocupações de que a economia norte-americana está desacelerando sob pressão do cenário global.

Com os dados desta sexta-feira, crescem as expectativas pela reunião do Federal Reserve na próxima semana, para a qual agentes financeiros globais já montam posições em que é esperado que o banco central norte-americano dê indicações sobre o que fará com os juros dos EUA.

No entanto, permanece a cautela ligada à disputa comercial norte-americana com a China e, mais notadamente, com o novo conflito geopolítico com o Irã, o que impulsionou os preços do petróleo.

Cenário local

Internamente, o pregão também mostra algum movimento de correção e de proteção usual por parte de investidores antes do fim de semana.

"Aqui há movimento de correção técnica pelo fim de semana. Nada acentuado demais, porque o nosso ambiente local está mais ou menos tranquilo, em função de relatório da Previdência", explicou à Reuters o superintendente da Correparti Corretora, Ricardo Gomes da Silva.

Após apresentação do parecer do relator na comissão especial na véspera, o mercado se volta agora para os próximos passos da tramitação da reforma.

O impacto fiscal total da reforma da Previdência deve ficar em torno de R$ 1,13 trilhão, mas o parecer do relator Samuel Moreira (PSDB-SP) ainda não tem uma data para ser votado pela comissão especial da Câmara dos Deputados.

Além da boa recepção do impacto fiscal, o otimismo vem também do entendimento de que, retirados pontos que vinham sendo questionados pela oposição, aumentam as chances de que o texto seja aprovado com rapidez e sem obstruções.

"Com a oposição conseguindo algumas de suas reivindicações, o termômetro de aprovação da PEC na Câmara começa a ficar cada vez mais 'animador'", avaliaram economistas da corretora H.Commcor, em nota.

O BC realiza nesta sessão leilão de até 5,05 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de julho, no total de US$ 10,089 bilhões.

Na véspera, o dólar fechou em baixa de 0,32%, a R$ 3,8538, acumulando queda de 0,61% na parcial da semana. No mês, tem queda de 1,81%. No acumulado no ano, o recuo é de 0,53% ante o real.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Seleção brasileira recua para 3ª posição no ranking masculino da Fifa
DOURADOS
Prefeitura vai licitar empresa para gerenciamento e manutenção da frota
DOURADOS
Polícia fecha “boca do Matrix” e prende acusado de vários furtos no Centro
CAPITAL
Com ajuda de cães farejadores, polícia apreende 36,2 kg de cocaína
POLÍTICA
Minirreforma eleitoral divide bancada de MS ao ser aprovada na Câmara dos Deputados
OBRA PARADA
Prazo para retirada dos primeiros editais do Aquário do Pantanal termina dia 27
CLIMA
Dourados pode ter setembro mais seco em 40 anos
BRASIL
PF cumpre mandados em gabinetes do líder do governo e de seu filho
COMBATE AO TRÁFICO
Após apreensão de 1,6t de maconha na fronteira, polícia cumpre mandados de prisão na Capital
TELEVISÃO
'A Fazenda' começa morna e com famosos que poucos conhecem

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção