Menu
Busca quinta, 17 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
ÍNDICE

Desempenho Industrial permanece há 5 meses acima dos 50 pontos

09 novembro 2017 - 08h49Por Da Redação

Há cinco meses consecutivos o IGDI (Índice Geral de Desempenho Industrial), que foi criado pelo Radar Industrial da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) e é calculado com base nas pesquisas de Confiança e Sondagem Industrial, está acima dos 50 pontos, o que na prática demonstra que o setor está em recuperação no Estado. No entanto, de acordo com o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, em setembro o Índice alcançou 55,9 pontos, o que representou um recuo de 3,6% em relação a agosto, quando o resultado ficou em 58 pontos.

“Após quatro altas consecutivas o IGDI FIEMS apresentou recuo, sinalizando que na passagem de agosto para setembro teve uma redução no ritmo da atividade industrial em Mato Grosso do Sul. Contudo, o indicador permanece pelo quinto mês consecutivo acima dos 50 pontos, mostrando deste modo que, na média geral, o desempenho ainda foi positivo segundo a percepção dos empresários respondentes”, analisou Ezequiel Resende.

No mês, as contratações e a confiança foram as variáveis que apresentaram os melhores desempenhos, com elevações de 3,6 e de 1,4 pontos percentuais, respectivamente, indicando aumento do número de empregados quando comparado com o mês anterior e ICEI (Índice de Confiança do Empresário Industrial) positivo. Já produção industrial teve queda de 13,5 pontos percentuais e a utilização da capacidade instalada apresentou redução de 2 pontos percentuais, sendo que a intenção de investimento ficou estável.

Ezequiel Resende destaca que, no acumulado do ano, a produção industrial segue como a variável de melhor desempenho, com crescimento de 27,8%, enquanto as contratações registraram aumento de 15,2%, a confiança atingiu alta de 9,6%, a intenção de investimento elevou-se em 7,8% e a utilização da capacidade instalada cresceu 6%. Nos últimos 12 meses, as cinco variáveis registraram aumento, com as contratações chegando a 11,8%, a intenção de investimento 11,5%, a confiança 4,7%, a produção 2,7% e a utilização da capacidade instalada 1%.

O Índice

O IGDI reflete a percepção do empresário em relação ao desempenho apresentado pela atividade industrial. “Na elaboração, foram selecionadas cinco variáveis - emprego, investimento, produção industrial, utilização da capacidade instalada e confiança – e todas com peso de 20% na composição do Índice”, detalhou Ezequiel Resende.

No caso do emprego na indústria, o IGDI utiliza o percentual de estabelecimentos que aumentaram o número de empregados, enquanto na parte de investimento o Índice leva em consideração a intenção de investimentos para os próximos seis meses. Já da produção é usado o percentual de indústrias com a produção estável ou crescente, da utilização da capacidade instalada se pega o percentual médio e da confiança a base é o ICEI (Índice de Confiança do Empresário Industrial. 

O IGDI Fiems contou com a avaliação, validação e auxílio técnico do professor-doutor Leandro Sauer, da Escola de Administração e Negócios e do Programa de Pós-Graduação em Administração (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (ESAN/UFMS). “O professor é matemático com atuação na utilização de métodos quantitativos em economia e tem comprovada experiência na elaboração e uso de indicadores sintéticos”, reforçou Ezequiel Resende.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIATIVIDADE
Conheça a casa flutuante dobrável desenvolvida para vítimas de terremotos
ATENÇÃO
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana em MS
BALANÇO
Guarda apreendeu quase 2t de drogas na rodoviária de Dourados em 2018
EMBOSCADA
Dupla morta em atentado foi executada a tiros de pistola 9mm
BRASIL
Brasil bate recorde de mortes violentas em 2017
NOVELA
Nova personagem de Letícia Persiles aparece no presente em ‘Espelho da Vida’
TOMA LÁ, DA CÁ!
Comitiva do PSL com dois parlamentares de MS na China é chamada de "semianalfabeta" por "guru" de Bolsonaro
VINGANÇA
Após execução, fronteira entra em alerta para “guerra sangrenta” por domínio do tráfico
ATAQUE
Jornalista sofre 3º atentado em três anos e tem carro incendiado
ESTADO
16 cidades de MS fecham 2018 sem nenhum homicídio

Mais Lidas

DOURADOS
Rapaz assassinado em emboscada foi preso por tentativa de furto a caixa eletrônico
NOVA LEI
Multa mínima para quem capturar Dourado na próxima temporada de pesca será de R$ 2,7 mil
INQUÉRITO CIVIL
Denúncia leva MP investigar recursos destinados à Saúde de Dourados
DOURADOS
Seis são apontados por participação em emboscada que matou interno do Semiaberto