Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Cuidados com segurança na compra pela internet podem evitar golpes

02 dezembro 2012 - 14h27

O alerta é para quem quer fugir das compras convencionais de fim de ano e utilizar a internet para fazer as compras de natal nos sites de vendas on-line. A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), através da Polícia Civil, dá dicas de segurança para compras pela internet, já que neste período o número de golpes envolvendo as compras virtuais possui altos índices.

O primeiro passo para ter segurança na hora de comprar os presentes de fim de ano é manter o computador livre de vírus e ter um sistema operacional atualizado frequentemente. Mesmo nas compras de sites considerados seguros é preciso que o equipamento utilizado na hora da compra também possua dispositivos de segurança.

A postura adotada pelo comprar ajuda na prevenção de golpes. É possível comprar com segurança de acordo com o investigador da Polícia Civil, Michel Weiler Neves. Mantenha seu computador livre de vírus, pois eles podem registrar os dados digitados como senha de banco ou números de cartões de crédito e débito. “Muito cuidado com os e-mails desconhecidos de correntes, visualização de fotos ou coisas parecidas. Ao abrir a impressão que temos é de que nada aconteceu, mas um programa espião se instala na máquina e copia todos os dados do computador, facilitando o golpe”, explica o especialista em segurança da informação.

Comprar em sites confiáveis, que já possuam credibilidade é importante nas compras realizadas pela internet. De acordo com a Polícia Civil, os sites seguros contam com o ícone de um cadeado no navegador, uma garantia de que o endereço é confiável para utilização. Os sites que intermedeiam vendas também devem receber atenção especial na hora da compra. “Não adianta só o site ser seguro, nos casos em que um site intermedeie o relacionamento da empresa com o cliente, é preciso que o anunciante também seja confiável”, alerta o investigador da Polícia Civil, ao salientar que existe um site de reclamações de empresa na internet que pode auxiliar os consumidores antes de efetuarem suas compras, que pode ser acessado no endereço: www.reclameaqui.com.br .

O especialista em internet alerta que é preciso desconfiar de ofertas absurdas e muito boas. “Ninguém faz boa ação pela internet, produtos muito baratos e muito fora do preço praticado no mercado geralmente são golpes”, enfatiza Michel Weiler. Pesquisar também ajuda a descobrir se alguma oferta está muito abaixo do preço de mercado.

O consumidor que se sentir lesado em compras realizadas na rede deve procurar uma Delegacia da Polícia Civil para registrar uma ocorrência notificando a ação para a polícia. O telefone para mais informações de crimes pela internet é o 3318-7973.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENCONTRO
Semana Espírita de Dourados começa hoje com palestra no Municipal
BRASIL
Comissão derruba portaria que limita acesso à mamografia no SUS
TRÊS LAGOAS
Polícia prende homem com R$ 9 mil em notas falsas
SAÚDE
Suspender a menstruação é realmente benéfico?
IMUNIZAÇÃO
Vacinação atingiu mais de 70% do público alvo em Dourados
DECOR
6 tendências de decoração dos anos 90
ÁGUA CLARA
Ação apreende quase meia tonelada de maconha e prende "batedor"
COPA AMÉRICA
Seleção começa a se apresentar na Granja Comary nesta quarta-feira
PROPOSTA
Corte de serviços essenciais nas vésperas de fins de semana e feriados pode ser proibido em MS
BRASIL
Encceja 2019 registra meio milhão de inscritos no primeiro dia

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
DOURADOS
Comissão vota contra o próprio parecer e Idenor se salva de cassação
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação