Menu
Busca Quinta, 18 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Corpal - Dezembro 2017

Cuidados com segurança na compra pela internet podem evitar golpes

02 Dezembro 2012 - 14h27

O alerta é para quem quer fugir das compras convencionais de fim de ano e utilizar a internet para fazer as compras de natal nos sites de vendas on-line. A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), através da Polícia Civil, dá dicas de segurança para compras pela internet, já que neste período o número de golpes envolvendo as compras virtuais possui altos índices.

O primeiro passo para ter segurança na hora de comprar os presentes de fim de ano é manter o computador livre de vírus e ter um sistema operacional atualizado frequentemente. Mesmo nas compras de sites considerados seguros é preciso que o equipamento utilizado na hora da compra também possua dispositivos de segurança.

A postura adotada pelo comprar ajuda na prevenção de golpes. É possível comprar com segurança de acordo com o investigador da Polícia Civil, Michel Weiler Neves. Mantenha seu computador livre de vírus, pois eles podem registrar os dados digitados como senha de banco ou números de cartões de crédito e débito. “Muito cuidado com os e-mails desconhecidos de correntes, visualização de fotos ou coisas parecidas. Ao abrir a impressão que temos é de que nada aconteceu, mas um programa espião se instala na máquina e copia todos os dados do computador, facilitando o golpe”, explica o especialista em segurança da informação.

Comprar em sites confiáveis, que já possuam credibilidade é importante nas compras realizadas pela internet. De acordo com a Polícia Civil, os sites seguros contam com o ícone de um cadeado no navegador, uma garantia de que o endereço é confiável para utilização. Os sites que intermedeiam vendas também devem receber atenção especial na hora da compra. “Não adianta só o site ser seguro, nos casos em que um site intermedeie o relacionamento da empresa com o cliente, é preciso que o anunciante também seja confiável”, alerta o investigador da Polícia Civil, ao salientar que existe um site de reclamações de empresa na internet que pode auxiliar os consumidores antes de efetuarem suas compras, que pode ser acessado no endereço: www.reclameaqui.com.br .

O especialista em internet alerta que é preciso desconfiar de ofertas absurdas e muito boas. “Ninguém faz boa ação pela internet, produtos muito baratos e muito fora do preço praticado no mercado geralmente são golpes”, enfatiza Michel Weiler. Pesquisar também ajuda a descobrir se alguma oferta está muito abaixo do preço de mercado.

O consumidor que se sentir lesado em compras realizadas na rede deve procurar uma Delegacia da Polícia Civil para registrar uma ocorrência notificando a ação para a polícia. O telefone para mais informações de crimes pela internet é o 3318-7973.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EITA, EITA!
Participante do BBB18 adora mandar nudes
DOURADOS
Chuva intensa alaga túnel do Parque das Nações II
POLÍTICA
Recurso é negado pela Justiça Federal e interrogatório de Lula é mantido
REGIÃO
Em parceria com prefeito Marquinhos, Geraldo garante novas ações para Vicentina
ECONOMIA
Dólar tem nova queda e volta a R$ 3,20
Dólar tem nova queda e volta a R$ 3,20
POLÍCIA
Trio de assaltantes atira em idoso durante assalto
Trio de assaltantes atira em idoso durante assalto
BONITO
Tio encontra sobrinho morto no quintal de casa
Uma trouxinha de maconha foi encontrada no quarto do jovem;
MS
Divulgada resolução que orienta sobre inscrições no Programa Vale Universidade
Divulgada resolução que orienta sobre inscrições no Programa Vale Universidade
MEDIDA
Moro ordena transferência de Sérgio Cabral do Rio para o Paraná
MEDIDA
Construtora deve manter acordo contratual sem cobrança de juros abusivos
Construtora deve manter acordo contratual sem cobrança de juros abusivos

Mais Lidas

DOURADOS
Homens são presos após assaltar jovens e roubar caminhonetes
DOURADOS
Homem é preso por posse de armas, droga e relógios roubados
QUADRILHA
Polícia prende suspeitos de sequestrar jovem em frente a hospital
NOVA ALVORADA
Homem é assassinado com cinco tiros enquanto caminhava