Menu
Busca quarta, 29 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
MAIS CARO

Conta de energia elétrica já está mais cara a partir deste domingo

01 outubro 2017 - 09h38

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na pultima sexta-feira, dia 29 de setembro, que a bandeira tarifária das contas de luz em outubro será a vermelha patamar 2. A tarifa que entra emvigor neste domingo (1º) é a mais cara do modelo e representa a cobrança de taxa extra de R$ 3,50 a cada 100 Quilowatt-hora (kWh) consumidos. Em setembro, a bandeira tarifária das contas de luz foi a amarela, com taxa extra de R$ 2 para cada 100 kWh de energia consumidos.

Segundo o diretor-presidente da Aneel, Romeu Rufino, a decisão foi tomada devido à baixa vazão das hidrelétricas, porque as chuvas em setembro ficaram abaixo da média. “Em função do regime hidrológico muito crítico, este setembro foi o pior mês de setembro, do ponto de vista da vazão, da série histórica do setor elétrico”.  Apesar do alerta, Rufino disse que não há risco para o abastecimento de eletricidade.

Desde que a bandeira vermelha passou a ter dois patamares, 1 e 2, em janeiro de 2016, esta é a primeira vez que o nível mais alto é acionado. A tarifa extra mais alta se deve à necessidade de operar mais usinas térmicas, cujo custo de produção da energia é mais alto que a da produzida nas hidrelétricas.

Na semana passada, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), ligado ao Ministério de Minas e Energia, havia decidido não acionar as usinas termelétricas mais caras, o chamado “despacho fora da ordem de mérito” mas aprovou, se necessário, o aumento da importação de energia elétrica da Argentina e do Uruguai “na medida em que for possível”.

Na reunião, o CMSE também decidiu retomar a operação de três usinas termelétricas que estão paradas. Segundo o comitê, as usinas de Araucária, Cuiabá e Termonorte II “são capazes de produzir energia a preços mais competitivos se comparados com os de outras usinas térmicas.”

Economia de energia

Além disso, a Aneel também realizará uma campanha de conscientização do uso da energia elétrica. Entre as recomendações que a agência fará, estão a de usar a temperatura morna do chuveiro e tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos; diminuir ao máximo a utilização de ar-condicionado e não deixar portas e janelas abertas em ambientes com o equipamento; não colocar alimentos quentes e deixar a porta da geladeira aberta apenas o tempo que for necessário; e utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas, além de apagar a luz ao sair de um cômodo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Jovem de 23 anos morre em acidente de motocicleta em Campo Grande
SAÚDE
Ministério da Agricultura identifica mais 10 lotes de cerveja contaminada
CAMPO GRANDE
Após 4 horas, suspeito de roubar caminhonete é preso em matagal
ESPORTE
Corrida de rua abre inscrições para prova com percurso de 30 km
CHAPADÃO DO SUL
Suspeita de matar menina de 13 anos é transferida para Capital
ECONOMIA
Dispensa de alvará beneficiará 10,3 milhões de empresas de baixo risco
CHAPADÃO DO SUL
Homem é preso com pornografia infantil, paga fiança e é solto
DOURADOS
Matrículas dos veteranos da UFGD começarão na próxima sexta-feira
TRÊS LAGOAS
Homem furta celular, pede R$ 50 para devolver e acaba preso
ALERTA
Brasil monitora casos suspeitos de coronavírus em MG, RS e PR

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
IVINHEMA
Confusão em posto termina com um morto e outro ferido por PM de folga
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois