Menu
Busca segunda, 16 de julho de 2018
(67) 9860-3221
EXPO PARAGUAI

CIN leva empresários de MS para conhecer indústrias locais

12 julho 2018 - 15h50

O CIN (Centro Internacional de Negócios) do IEL levou, ontem (11/07), os empresários de Mato Grosso do Sul que participam da Expo Paraguai, feira realizada em Assunção, capital do Paraguai, para conhecer as indústrias brasileiras e paraguaias instaladas no país vizinho.

O grupo integra a missão empresarial organizada pela Fiesc com apoio da Fiems e do Sebrae/MS à Feira, que começou na última segunda-feira (09/07) e segue até sexta-feira (13/07), para fomentar negócios voltados a participação de empresas brasileiras no comércio internacional, oportunizando que empresários possam identificar e prospectar parceiros comerciais e tecnológicos e analisar o mercado internacional.

Os empresários sul-mato-grossenses conheceram a empresa Schadek, que fabrica óleo lubrificante para o setor automotivo em Santa Catarina e, desde o início deste ano, está instalada no Paraguai, e, em seguida, a missão empresarial conheceu a linha de produção da Mazzei, indústria de alimentos paraguaia que exporta para mais de sete países como China e Turquia.

Na Schadek, o grupo teve a oportunidade de observar in loco a experiência de um brasileiro que expandiu os negócios para o país vizinho e, além de observar a infraestrutura necessária para o funcionamento da empresa, puderam tirar dúvidas sobre os processos de logística, contratação de mão de obra, capacitação, entre outros.

“O principal objetivo desta visita era que os empresários que participam da nossa missão tivessem acesso e contato com um brasileiro que se instalou no Paraguai, para que ele pudesse compartilhar como foi o processo, as leis trabalhistas, ambientais, prefeitura, bombeiro, o passo a passo mesmo de como prosseguir”, afirma a gerente do CIN do IEL, Nathália Alves.

Empresário que integra a missão, Luis Renato Pedroso, diretor da Ecopneu, de Campo Grande (MS), destacou da visita a oportunidade de compartilhar experiências com um empresário bem-sucedido que atua no país vizinho. “A reunião foi muito importante porque eles foram muito claros e específicos na orientação de como abrir uma empresa no Paraguai, como é o mercado local, como funcionam os processos, desde a abertura até a venda dos produtos, então ficamos muito satisfeitos com estes esclarecimentos”, disse.

Sobre a Mazzei, a gerente do CIN ressaltou os aspectos da regulamentação sanitária praticada no Paraguai.  "Foi muito interessante porque conseguimos verificar na prática como funciona a regulamentação da fabricação de alimentos no Paraguai, e passamos a enxergar o país como plataforma para exportação global”, avaliou.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÕES
Dólar fecha em queda nesta segunda-feira
MULHERES
Marina Ruy Barbosa e Abrahão acertam com camiseta e jeans; confira e inspire-se!
ESPAÇO VEST
Senai leva design gráfico e orientação sobre mídias sociais a evento
FAMOSOS
Grazi Massafera posa com a filha ao lado de elefante
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
Frango com inhame é a dica desta segunda-feira do Comer Bem
ARQUITETURA
Constra entre madeira e concreto aparente criam personalidade a apê de 220m²
ECONOMIA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
FUTEBOL
Conmebol divulga logo e faz contagem regressiva para Copa América no Brasil
ÁREA NOBRE
Vândalos incendeiam quiosques em praça na região Norte de Dourados
JUDÔ
Douradense é convocada para disputa do Grand Prix da Croácia

Mais Lidas

ACIDENTE
Douradense morre horas depois de cair do cavalo em fazenda
RESIDENCIAL BONANZA
Homem atropela casal em Dourados após ser contrariado
DOURADOS
Homem é assassinado na porta da própria casa
DOURADOS
Homem é atropelado após “roletar” avenida com bicicleta motorizada